Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

sábado, 21 de julho de 2018

Diálogo pela Educação com Gastão Vieira em Coelho Neto acontece hoje (21)


O Ex-secretário de Educação do Estado e Ex-ministro do Turismo, Gastão Vieira (PROS), vem percorrendo todo o Maranhão discutindo políticas públicas em específico sobre a educação e variados temas de relevância popular. 

E neste sábado (21), estará na cidade de Coelho Neto no Espaço de Eventos Dois Irmãos, às 18:00h, em um encontro com professores e com a população. 


Participem, o evento é para todos!


quinta-feira, 19 de julho de 2018

Feliz Aniversário Ilson Baiano



Quem aniversaria hoje é o nosso querido amigo e pré-candidato a deputado federal Ilson Baiano, e neste dia especial nós do portal leste maranhense queremos lhe parabenizar por esse dia especial em sua vida.

Afinal, fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus. 
É ser grato, reconhecido, forte, destemido. 
É ser rima, é ser verso, é ver Deus no universo; 
Parabéns a você nesse dia tão grandioso.

Sarney faz apelo para Braide não desistir de candidatura ao governo


Eduardo Braide é uma espécie de aliado “velado” da família Sarney…

O ex-senador José Sarney (MDB) procurou o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) para fazer um apelo ao oposicionista.

O pai da ex-governadora Roseana Sarney tentou convencer o parlamentar a não abrir mão da candidatura ao Palácio dos Leões como fez o ex-secretário Ricardo Murad (PRP).

O oligárquico sabe que uma iminente desistência de Braide pode fazer a oposição perder a eleição majoritária ainda no primeiro turno.

A ideia de Sarney é manter Eduardo na disputa pelo governo do Maranhão e, assim, reduzir o favoritismo de Dino, que em recente levantamento nacional aparece como um dos cinco governadores favoritos à reeleição.

Por sua vez, Braide que tem eleição de deputado federal garantida – por ainda desfrutar do prestígio que as urnas lhe deram na eleição 2016 em São Luís – pediu a Sarney partidos que garantam tempo no programa eleitoral de TV e rádio suficiente para apresentar seu nome aos maranhenses, no entanto, o emedebista não deu garantias.


De forma Braide pode ser o próximo a desistir

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Médica da UDI não tentou suicídio e luta pela vida após parada cardiorrespiratória

Um relato publicado na página principal do Facebook da médica Hermanna da Ilha Ferreira Maranhão, nesta terça-feira (17), por uma pessoa próxima à família, trata como falsa a notícia publicada em vários meios de comunicação de que a jovem teria recorrido ao suicídio no estacionamento do UDI Hospital, em São Luís, onde trabalha.

A profissional da saúde teve uma parada cardiorrespiratória dentro do próprio carro e foi encontrada desacordada e conduzida às pressas a UTI do hospital onde luta pela vida. Segundo amigos, Hermanna jamais teve depressão o que descarta a tentativa de suicídio equivocadamente compartilhada em grupos de WhatsApp.

Abaixo o relato de alguém próximo à família de Hermanna Maranhão.

Muitos blogs noticiaram antecipadamente a morte da jovem médica radiologista Hermana da Ilha Maranhão, que teve uma parada cardiorrespiratória dentro de seu carro no estacionamento de um hospital de São Luís, sem se quer buscar a informação correta sobre o fato.

Hermana Maranhão além de médica (trabalha em 3 hospitais) , é formada em relações internacionais e comércio exterior em São Paulo, fala fluentemente quatro idiomas,é pianista clássica e prestava serviços filantrópicos na pediatria.

Ela é muito religiosa e jamais cometeria suicídio. Todos os boatos sobre tentativas de suicídio são falsos. Hermana é casada, tem uma filha e ama a sua família ( Pai, Mãe e irmãos).

É desrespeitoso as pessoas se aproveitarem de um momento crítico de outras pessoas, para criarem histórias fantasiosas, boatos, notícias falsas e tudo isso para ganharem curtidas e compartilhamentos nas redes sociais.

Conforme informações da família, Hermana nunca foi depressiva, nunca usou medicamentos para emagrecer ou similares. É extremamente comprometida com o seu trabalho e tudo que se empenhava a fazer.

Ela está viva e luta pela vida numa UTI em São Luís. O estado é delicado sim, mas para Deus nada é impossível.

A família e os amigos pedem que as pessoas orem por ela, uma menina cheia de alegria e amor, que está passando pelo pior momento de sua vida. (Do Gilberto Lima)


terça-feira, 17 de julho de 2018

Weverton reforça união com Eliziane: “Aqui não tem disputa. Vamos chegar juntos”

O lançamento da pré-candidatura de Weverton Rocha ao senado foi um grande ato político marcado pelo discurso de unidade do grupo, especialmente da chapa senatorial. O discurso do pré-candidato foi uma alfinetada na chapa sarneysta formada por Sarney Filho e Edison Lobão, já que os dois têm se digladiado pela vaga.

“Aqui não tem disputa, são duas vagas. Vamos chegar juntos. Porque nós dois lá nem precisamos conversar com aquele traíra [Roberto Rocha] que a gente mandou pra lá. Nós dois só poderemos resolver a parada. Nós não teremos no nosso currículo traição, teremos trabalho a favor do partido do Maranhão”, afirmou cutucando também Roberto Rocha, eleito por seu grupo, e que depois traiu seus aliados.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, também ressaltou a importância da eleição da chapa completa. “Para nós é barba, cabelo e bigode. É chapa completa. Esse é o desafio que a gente tem para mostrar. Tem muita gente poderosa, que tem rádio, que tem televisão, que a gente que o povo se vende por dinheiro. Vamos dizer não para essa gente. Vão embora do Maranhão, canalhada. Já roubaram o que podia, chega”, reafirmando apoio a Weverton e Eliziane. (Blog do Clodoaldo Correa)


Turista morre ao cair de brinquedo no Beach Park, em Fortaleza

Do G1

Um turista de Sorocaba morreu nesta segunda-feira (16) ao cair de um brinquedo no Beach Park, parque aquático em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Ricardo José Hilário Silva, 43 anos, estava em uma boia com mais três pessoas no “Vainkará”, atração que havia sido inaugurada no fim de semana. Na última curva do toboágua antes da chegada à piscina no solo, a boia passou da altura de parede lateral de contenção, e os quatro caíram.

Em nota, o Beach Park lamentou a morte do turista, que trabalhava como radialista em Sorocaba. “A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família.”

O G1 conversou com duas pessoas que estiveram na boia e sobreviveram ao acidente. Eles afirmaram que Ricardo José caiu de cabeça no chão. “No momento em que a boia saiu, ele [Ricardo] estava mais à direita na parte mais alta da boia. E ele também caiu de cabeça, por isso sofreu mais”, afirma o turista Mateus Sena, de São Paulo, que estava na mesma boia que a vítima.

Um deles afirmou que uma placa alerta para o peso máximo das quatro pessoas somadas, que não pode ultrapassar 320 quilos.

“Nós tínhamos pessoas de grande porte físico e na hora de descer na boia não avaliaram e não alertaram a gente sobre o risco, parecia que estava tudo ok, tinham que ter alertado sobre o risco”, afirma Mateus Sena. A namorada de Sena, que também desceu no “Vainkará” no momento do acidente, sofreu “um forte impacto no peito e no braço” e está “bastante abalada, em choque”.

“Ele [Ricardo José] caiu do meu lado, desmaiou na hora. Segurei ele, mas a água foi me puxando, fui levantando ele pra não engolir água. Os salva-vidas demoraram pra chegar e ajudar”, relembra Tarcísio Pontes, 44 anos, turista de Mato Grosso.

O turista se diz “abalado emocionalmente”, e reclama que não recebeu atendimento do parque. “Pedi atendimento, pra pelo menos medir a pressão, mas eles falaram que não tinham equipamento. O atendimento foi péssimo. Estou emocionalmente abalado, tive que tomar calmante”, detalha.

Mateus Sena e Tarcísio Pontes afirmaram ao G1 que sofreram abalo emocional, mas não tiveram ferimentos físicos.

De acordo com a divulgação do brinquedo, o “Vainkará” proporciona várias descidas ao longo de 150 metros de percurso; a primeira queda é íngreme e faz com que a boia encontre uma grande onda. “Em uma sequência rápida uma segunda onda deixa o Vainkará mais radical, com sensação de gravidade zero”, registra a descrição do brinquedo.

Após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração, que só voltará a abrir após a apuração pericial que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. “Em respeito a família”, o parque não funcionará nesta terça-feira (17), informou o empreendimento.


segunda-feira, 16 de julho de 2018

Ao lado de Eliziane Gama, Ilson Baiano mostra força no lançamento de sua pré-candidatura ao cenário federal

Uma grande multidão se fez presente e ocupou todo espaço do local que serviu como o senário da grande festa do Partido Popular Socialista (PPS), que apresentou as pré-candidaturas de Ilson Baiano (federal), e Eliziane Gama (Senado), na cidade de Coelho Neto neste domingo (15). 

 Na força da amizade, Ilson Baiano pode reunir no ato, centenas de amigos e apoiadores que sempre caminharam com ele em favor de seu nome e de Eliziane Gama. O feito espontâneo e determinante serviu para aferir possibilidades na busca da viabilidade de ser o mais votado na região. 

Como muito prestigio, Eliziane Gama ao fazer uso da palavra apontou elementos que comprovam a capacidade técnica e política dela para representar o Maranhão na Câmara alta do parlamento brasileiro na qualidade de senadora, com dois mandatos de deputada estadual e um de deputada federal, ela detém todas a qualidades para o cargo pleiteado. 

Ao se referir a pré-candidatura de Ilson Baiano, Eliziane Gama relembrou do início de forma emocionada a sua trajetória de vida. Menina pobre nascida no interior do Maranhão para a capital São Luís realizar seu sonhos, semelhante a força e a determinação de Ilson.
Representando o Governado Flávio Dino, Geraldo Nascimento, fazendo uso da palavra.
Representando o governador Flávio Dino, esteve Geraldo Nascimento, secretário adjunto de articulação política do Estado, que de maneiro intrépida destacou com clareza em seu discurso as diversas ações do governo do estado e as visíveis mudança por todo o Maranhão. Destacando a importância de eleger Eliziane como senadora, e de se ter um deputado federal eleito pela região leste do Maranhão com a seriedade e compromisso de Ilson Baiano e garantiu o apoio do Governador. 

Ilson Baiano (federal), e prestigiando o evento estiveram, Eliziane Gama (Senado), Dr. Ricardo Chaves (Vereador do PPS) e Wnado Galvão (Presidente do Dir. municipal)
Com a leveza do bom nome de Ilson Baiano, e sendo apoiado também por sua família, onde estiveram presentes no ato símbolo do lançamento, o bom nome e o prestigio de seu pai o Sr. Baiano, a aceitação e o número de apoios só crescem cada vez mais, mostrando não só força política, mas grande articulação e importantes apoios ao seu projeto para o Maranhão. 

Com os apoios declarados de Eliziane e do governador Flávio Dino ao projeto político Ilson Baiano, a manifestação e reafirmação do apoio à pré-candidatura rumo a Câmara Federal, dando-lhe mais força e robustez ao seu nome, onde se tornar mais uma referência de suporte a reeleição de Dino. 

Também estiveram presente no ato algumas lideranças dentre os quais o Presidente da sigla Wando Galvão (PPS), o ex-vereador Val, Dr. Ricardo, pré-candidato a deputado estadual Solonilton (Mata Broca), o empresário Luisinho do Balão, o assessor de articulação Duduzinho entre outros nomes. 



Zé Reinaldo recua…

– Do ex-governador José Reinaldo Tavares em entrevista na semana passada à TV Guará, ao explicar a situação de crise no PSDB por seu insistente apoio à pré-candidatura de Eduardo Braide.

Assaltante de banco procurado em quatro estados é preso ao passear com família em shopping de Teresina

Foragido do sistema prisional do Piauí, Maranhão, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Márcio Alencar Dutra, de 31 anos, foi preso em flagrante no sábado (14).

Ele foi reconhecido por policial do Grupo de Repressão ao Crime Organizado quando estava passeando tranquilamente com a família em um shopping de Teresina.

Márcio Dutra é considerado um dos maiores assaltantes de instituições financeiras no Piauí, informou o coordenador do Greco, o delegado Willame Costa. 

"Márcio Capote" participou de assalto a
banco em Amarante/PI em 2016
“Um policial estava aproveitando o final de semana quando o avistou passeando normalmente com a esposa e o filho no shopping. Ele pediu reforço de outros policiais e do delegado Gustavo. Ele é suspeito de participar de vários roubos em diversos estados”, disse o coordenador.

O delegado ressaltou que Márcio Alencar estava com uma carteira de identidade falsa.

No Piauí, Márcio é suspeito de participar do roubo a banco na cidade de Amarante. Na ação ele usou uma farda da Policia Civil do Maranhão. O alvo da quadrilha foi o Banco do Brasil do município em junho de 2016. Ele portava um fuzil 556. Ele mais cinco homens participaram do crime.

Márcio também é conhecido como “Márcio Capote”. Ele já chegou a ser preso em Goiás em setembro de 2016, também com uma identidade falsa.

Do Gilberto Lima

sábado, 14 de julho de 2018

Multidão consagra e comprova o sucesso absoluto dos nomes de Adelmo Soares e Marcio Jerry em Caxias

Até parecia a comemoração de uma grande vitória, com direito a chuva de confete, gritos e aplausos efusivos foram vistos na noite desta sexta-feira (14), no espaço Márilia Eventos, e uma multidão eufórica garantiu o sucesso de um dos maiores eventos político já realizados na cidade de Caxias, em favor dos nomes dos pré-candidatos Adelmo Soares (estadual) e Marcio Jerry (federal) 

Algo jamais visto em Caxias, servindo até como um comprovado termômetro. Todos queriam estar ali, juntinhos! E nem mesmo os assentos extras não foram o suficientes para aqueles que compareceram ao ato simbólico, sentados. Mas isto pouco importou, o objetivo era o de prestigiar Adelmo ao apresentar Jerry como seu federal em caxias. 

A força e o trabalho já comprovado por ambos diante das atribuições que lhes foram confiados, a frente das destacadas Secretarias de Agricultura Familiar (SAF - Adelmo), e da Secretaria de Estado de Comunicação e Articulação Politica (SECAP - Márcio), os gabaritaram a ponto de receberem o reconhecimento do governado Flavio Dino (PCdoB), e destaque na qualidade de secretários mais atuantes, com os já mostrados serviços à frente de suas responsabilidades atribuídas. 

Ao lado das autoridades, e depois de ouviu discursos fervorosos em favor de Jerry e Soares, o momento mais esperado e de maior entusiasmo foi mesmo as falas dos pré-candidatos, que arrebataram estrondantes aplausos. 

Adelmo Soares lembrou a sua trajetória e a de seu parceiro nas lutas sindicais e populares pelo Maranhão, e a grande amizade construída entre eles, momento em que lembraram das atuações do então no período o deputado federal Flavio Dino e de seu compromisso com as atuais mudanças agora ocorridas na qualidade de governador no estado e os benefícios específicos para Caxias. 


Lideranças políticas e apoios

O evento contou com a presença de várias lideranças e autoridades da política maranhense, entre eles os prefeitos Jorge Oliveira (Duque Bacelar), Zé Reis (Aldeias Altas) e sua comitiva de vereadores, o vice-prefeito Antônio Pires (Coelho Neto), O ex-prefeito Flávio Furtado (Duque Bacelar), os vereadores de Duque Bacelar, o procurador federal Claudio Furtado, o vereador Romário do Jatobá e o vereador Jera de Timbiras além de muitas outras lideranças da cidade de Caxias e região. 




Prefeito do MDB, aliado da família Sarney, grava vídeo em apoio ao governador Flávio Dino

Prefeito Mercial Arruda (MDB) garante que ele e os grajauenses irão retribuir os benefícios que Flácio Dino levou para a cidade. 
Prefeito Mercial Arruda (MDB) garante que ele e os grajauenses irão retribuir os benefícios que Flácio Dino levou para a cidade. 

A classe política maranhense foi surpreendida com um vídeo do prefeito de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, do MDB, no qual o gestor declara apoio ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). No vídeo (assista acima), Mercial – histórico aliado da família Sarney – lembra que estão sendo iniciadas obras de asfaltamento de 10 km de vias públicas fruto do Programa Mais Asfalto, do governo do Maranhão, graças a vontade de Dino.

“Tenho a honra, a alegria, a graças de Deus de poder lhes informar e lhes garantir que estão sendo iniciadas as obras de asfaltamento de 10 km de vias públicas em Grajaú, resultado de uma audiência com o senhor governador Flávio Dino no dia 25 de abril em que estiveram presentes o Poder executivo e o Poder Legislativo, e na oportunidade, entregamos à Sua Excelência, o governador, nossas reivindicações, e Sua Excelência garantiu nos atender, dentre outros benefícios, o asfaltamento de 10 km de vias públicas em Grajaú e as obras, então, começaram”, ressaltou o gestor.

Por fim, o gestor deixa claro que ele, seu grupo político e o povo de Grajaú irão retribuir o governador Flávio Dino. tilhar
“Portanto, a minha gratidão, primeiro a Deus e ao governo do Estado, ao senhor Governador, dizendo-lhe, garantindo-lhe, que nós grajauenses saberemos lhe retribuir os benefícios que está trazendo através do seu governo para nossa cidade. “, pontou o prefeito.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Adelmo Soares entre amigos aliados, segue firme plantando sementes da transformação do Maranhão

Colhendo os frutos dos muitos trabalhos regados pela perseverança, Adelmo Soares (PCdoB), tem se mostrado satisfeito com os resultados alcançados  em favor de seu projeto.  

E a cada dia, sigo prestigiando e sendo prestigia, por novos e antigos amigos que se apresentam simpáticos e verdadeiros entusiastas de tamanha dimensão das aspirações de Adelmo, como é o caso do Sr. Apolônio Alencar. 

"Tive o prazer de acompanhar o momento de reconhecimento de Apolônio Alencar; agora cidadão maranhense".

"Sempre tive a honra de o ter próximo à minha família. Sr. Apolônio sempre foi um forte camarada de meu pai, Sr. Antônio Soares. Uma amizade de longa data, que se estreitou e refletiu sobre mim e Ironaldo". 

Hoje só resumo em orgulho e honra! Parabéns, camarada. É um prazer ter você junto nesta empreitada!", Disse Adelmo Soares.



Após ser preso por ameaçar de morte ex-namorada, homem diz que não ficará na prisão e que vai assassiná-la

O homem identificado como Thiago Pereira da Silva, acusado de agredir e ameaçar de morte a ex-namorada, foi preso por policiais militares quando se encontrava em um bar, na Avenida Litorânea, nesta quarta-feira (11). 

Ele é acusado de descumprir medida protetiva de urgência, prevista na Lei Maria da Penha. Esta é a sexta vez que o acusado é preso por crime de violência doméstica. A vítima das agressões e ameaças é a estudante de enfermagem Jully Rêgo de Lima.

Segundo a delegada Wanda Moura, titular da Delegacia Especial da Mulher (DEM), Thiago Silva tem várias passagens pela polícia, desde 2015. Na última vez em que foi preso, Thiago ficou sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, mas, continuou fazendo ameaças à Jully, sua ex-namorada.

“A vítima procurou a Delegacia e representamos pela prisão preventiva dele, a qual foi decretada pela Justiça e cumprida nesta quarta-feira”, diz a delegada.

Ainda de acordo com a delegada, foram cumpridos dois mandados de prisão contra Thiago. Ele também foi autuado em flagrante por um novo crime de ameaça, pois, mesmo depois de preso, mais uma vez ameaçou a vítima de morte, afirmando que assim que for posto em liberdade, ele a matará.

A delegada acrescentou que Thiago é perigoso e que deve ficar preso, ficar segregado. Durante os meses (quase três meses) em que ficou foragido, ele infernizou a vida da Jully fazendo constantes ameaças, além da divulgação de fotos e vídeos íntimos de outras mulheres que se pareciam com a vítima.
A estudante de enfermagem Jully Lima, ex-namorada de Thiago Silva, vinha sofrendo ameaças de morte
“Ele divulgava para pessoas que tinham contato com a ex-namorada, dizendo que se tratava dela. Ele fazia isso como uma forma de difamá-la, de atacar a honra dela. De tanto sofrer essas agressões, Jully teve que ser encaminhada para atendimento psicólogo e tomar antidepressivos”, informou Wanda Moura.

A ex-namorada de Thiago, Jully Lima, falou publicamente sobre o caso e afirmou que até a sua família era ameaçada pelo agressor.

“Como ele não tinha mais contato comigo, ele saia ameaçando todos da minha família. Ele se passava por outras pessoas e acabava ameaçando meus pais, minha mãe, meus tios, primos e até a minha filha de 4 anos. Ele chegou a entrar no portal da minha faculdade em uma parte que só eu tinha acesso, respondeu atividades erradas e disse que faria de tudo para me reprovar. Eu fiz vários boletins de ocorrência contra ele, avisava as pessoas o que estava acontecendo e me isolava, por medo do que poderia acontecer”, relata a vítima.

Ainda segundo Jully, ela decidiu se manifestar publicamente sobre o caso para alertar outras vítimas.

“Hoje em dia, o mal das mulheres é duvidar achando que a pessoa não é capaz de fazer nada contra ela. Jamais a mulher deve ter esse sentimento de dúvida ou de desafiar uma mente doentia dessa. Eu fiz questão de divulgar a minha vida, a minha história justamente para não acontecer com outras mulheres. A internet é muito perigosa, pois, às vezes a mulher olha um cara bonitinho, legalzinho, formado, etc, e se ilude. Esse foi o meu problema, eu fui pelo papo dele e isso causou uma grande destruição na minha vida”, alerta Jully.

Ela diz que tem seu próprio negócio no ramo de vendas, mas fechou seu ponto comercial por medo das ameaças. “Vendo tudo: produtos naturais, lingerie, trabalho com lembranças de aniversário e casamentos. Há tempos, fechei meu ponto comercial por medo dele. Mas faço faculdade de enfermagem, curso de socorrista, resgatista e aeromédico”, diz ela, em contato com o blog.


Com informações do iMirantea

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Veja os nomes: Marcos Caldas é um dos cotados na lista do Palácio dos Leões como um dos que devem ser eleitos em 2018

Marcos Caldas, Cotado pelo Palácio dos Leões
 como um dos eleitos
 
A composição da Assembleia Legislativa para o próximo mandato já começa a ser ventilada por comunistas, pedetistas, socialistas e outros, entre os nomes fortes e com chances reais de ser eleito segundo o ponto de vista e prognósticos já feitos pelo Palácio dos Leões, estar o nome de Marcos Calda (PTB). 

A carreira política de Marcos Caldas se deu em 2006 ao ser eleito deputado estadual, sendo reeleito em 2010. Vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, assumiu interinamente o governo do Maranhão entre os dias 5 e 15 de abril de 2012. Com o retorno da titular Roseana Sarney ao cargo de governadora em 15 de abril de 2012, voltou à vice-presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão. 

Candidatou-se a deputado estadual em 2014, com uma votação de 30.834, chegando a ser primeiro suplente da coligação. Com a licença de Alexandre Almeida em 2016, Marcos Caldas ascendeu ao mandato de deputado estadual já como membro do PSDB. Permaneceu até 19 de outubro de 2016 com o retorno do titular, Alexandre Almeida. Atualmente é filiado ao PTB. 

Assim como também entre os bem aceitos pelo povo e praticamente eleitos estão: Othelino Neto (PCdoB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Marco Aurélio (PCdoB), Cleide Coutinho (PDT), Glalbert Cutrim (PDT), Rafael Leitoa (PDT), Fábio Macedo (PDT), Rogério Cafeteira (DEM), Antônio Pereira (DEM), Neto Evangelista (DEM), o substituto de Stênio Rezende (DEM)*, Detinha (PR), Vinicius Louro (PR), Marcelo Tavares (PSB), Édson Araújo (PSB), Júnior Verde (PRB), Zé Gentil (PRB) e Edivaldo Holanda Braga (PTC). 

Daqueles que compõem os partidos PCdoB, PDT e DEM, o Palácio dos Leões aposta que Levi Pontes, Francisca Primo, Paulo Neto, Raimundo Cutrim, Ricardo Rios e Valéria Macedo não devem renovar os seus mandatos. 

PPS, PROS, PEN e PTB também são monitorados, porém as atenções ficam mais voltadas para Jota Pinto (PEN), Pastor Cavalcante (PROS) e Marcos Caldas (PTB). 


(Com informações do Diego Emir/ adaptação do Portal Leste Maranhense)

"Vamos mostrar a voz do leste maranhense", PCdoB convida a todos para a apresentação das pré-candidaturas de Adelmo Soares (estadual) e Márcio Jerry (federal) em Caxias

O PCdoB de Caxias fará a apresentção das pré-candidaturas de Adelmo Soares (estadual) e Marcio Jerry (federal), onde será um grande ato político na noite da próxima terça-feira, dia 13, na cidade de Caxias. Ocasião que reunirá apoiadores e lideranças políticas de toda a região. 

O encontro que discutirá sobre as mudanças do Maranhão  acontecerá no Marília Eventos, na Rua Senador Clodomir Cardoso n° 1914/ Caxias, às 19h. 



Flávio Dino é o governador mais eficiente do Brasil, diz G1

O portal G1, da Rede Globo, confirmou que Flávio Dino mante-se como o governador mais eficiente do Brasil, em ranking atualizado divulgado hoje. A avaliação refere-se ao cumprimento do Programa de Governo no período de 2015 a 2018.

Por meio das redes sociais, Flávio Dino comemorou o resultado. “O Portal G1 acaba de divulgar nova avaliação do cumprimento do Programa de Governo no período de 2015 a 2018. Cumpri em 3 anos e meio 94,5% dos compromissos assumidos. Parabéns à minha equipe e aos servidores do Governo do Maranhão”, disse.

Desde o início da divulgação da avaliação, Flávio Dino figurou entre os governadores que mais cumpriram seus compromissos de campanha. No início de 2018, ele assumiu o primeiro lugar do ranking.

“Estamos perto de 100% de cumprimento dos compromissos assumidos na eleição passada, apesar de nosso mandato ter sido prejudicado por essa avassaladora crise nacional”, ressaltou Dino.

Melhor governador do Brasil, de acordo com o levantamento do G1, um dos mais respeitados do país, e perto da reeleição ainda em primeiro turno, Flávio Dino agora projeta seus desafios para seu eventual segundo mandato.

“Até o final do mês, vamos apresentar o novo Programa de Governo para o período 2019-2022. Com a amenização da crise nacional, vamos fazer ainda mais e melhor. Sob a proteção de Deus e com a força do povo”, enfatizou o governador do Maranhão. ( Do Marrapá )


Roseana toca o terror em empresários do Médio Mearim e diz que vai barrar o programa 'Cheque Minha Casa'

A passagem de Roseana Sarney pela região do Médio Mearim durante a terceira edição da sua caravana foi marcada pelo terror implantado aos empresários locais. Em reunião com vários deles, ela disse que vai barrar na justiça o programa ‘Cheque Minha Casa’, criado por Flávio Dino para ajudar famílias vítimas das enchentes.

O MDB, partido de Roseana, entrou na justiça na última semana para tentar vetar o benefício aos maranhenses atingidos pelas fortes chuvas que caíram no Maranhão nos meses de março e abril.

Durante a caravana em Pedreiras e Trizidela, Roseana avisou aos empresários que eles não receberão os cheques, já que seu partido vai tentar impedir o benefício via justiça. A notícia espalhada por Roseana deixou em pânico empresários e os beneficiários pelo programa, que visa a reconstrução das casas atingidas pelas chuvas.

Roseana não tem mesmo consideração alguma com vítimas de enchentes. Além de implantar o terror, ela é suspeita de desviar cerca de R$ 18 milhões, em 2009, que seriam justamente para essa finalidade.

Em conluio com o então ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, a filha de José Sarney é alvo de auditoria do Ministério pelo sumiço do valor. ( Do Gilberto Lima )

Márcio Jerry lança pré-candidatura na próxima segunda(16) em sua terra natal

O pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry, realizará grande ato político na noite da próxima sexta-feira, dia 16, na sua terra natal, Colinas. Ocasião que reunirá apoiadores e lideranças políticas da região. O encontro de Jerry acontecerá no Centro de Ensino Rosa Câmara. O ex-secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política é cotado para ser o mais votado na região.

domingo, 8 de julho de 2018

Cenário para Flávio Dino é de tranquilidade a três meses das eleições

Faltando exatamente três meses para as eleições estaduais, o cenário para o governador Flávio Dino não poderia ser mais tranquilo. Com popularidade em alta e aprovação elevada do seu governo, ele tem como principal adversário um grupo que foi extirpado do poder depois de décadas de descasos com o Maranhão.

Com uma pujante agenda de obras e ações desde o início do seu mandato, Flávio Dino é reconhecido entre os maranhenses como um governador trabalhador. Apesar da crise econômica nacional que quebrou vários estados em todo o país, o Maranhão conseguiu ser destaque nacional em crescimento do PIB, equilíbrio fiscal, contas em dia e investimentos.

Tendo como carro-chefe a educação, o governo Flávio Dino deixou para trás a velha retórica política brasileira e colocou em prática um investimento educacional dos mais arrojados da história do Brasil. Unidades de barro e palha sendo substituídas por estruturas dignas de alvenaria e escolas em tempo integral marcam a revolução educacional pela qual passa o Maranhão.

Respeitado em todo o Brasil e já cotado como um dos nomes que brigará pela presidência em 2022, Flávio Dino terá ratificado seu bom trabalho com uma reeleição em primeiro turno.

Contra ele, entrarão apenas Roseana Sarney – que foi governadora por 16 anos e nunca tirou o Maranhão dos últimos lugares em todos os índices sociais – o senador Roberto Rocha – sem votos, foi eleito graças à Flávio Dino em 2014, a quem traiu – e a enrolada ex-prefeita Maura Jorge – que aposta todas as suas fichas em um lunático Bolsonaro.

Diante deste cenário, a três meses das eleições, Flávio Dino caminha com tranquilidade para a reeleição em primeiro turno.


Do Marrapá

sábado, 7 de julho de 2018

PSTU confirma Ramon Zapata como pré-candidato a governador

Ramon Zapata
O pré-candidato do PSTU ao Governo do Maranhão, Ramon Zapata, afirmou a O Estado, que o governo Flávio Dino (PCdoB) não conseguiu promover qualquer mudança administrativa, política ou social no estado. Para o militante, Dino apenas seguiu modelo de gestão já aplicado por antecessores.

O militante defendeu a deflagração de uma revolução social no estado – liderada pela classe trabalhadora -, em entrevista concedida a O Estado no início da semana, na ocasião da visita de cortesia da pré-candidata da sigla à Presidência da República, Vera Lúcia Salgado.

Para Zapata, Dino não conseguiu promover melhorias para a sociedade maranhense. Ele explicou que não há nada de diferente daquilo com o qual já fizeram, outros ex-governadores.

“Todos os governos anteriores e esse que aí está, empreenderam a mesma política, que é essa política liberal e capitalista. E no capitalismo a essência do capital é o lucro. Então todos governaram no sentido do lucro. Ou seja, o lucro daqueles que não trabalham, que não produzem a riqueza. Esse foi o governo de Roseana, de Jackson Lago, de Zé Reinaldo, de Cafeteira e de Flávio Dino. Todos estão dentro do mesmo conceito”, disse.

O militante também rechaçou o título de “governo de esquerda” à administração Flávio Dino.

“Colocar Flávio Dino como governo de esquerda é complicado. O que se vê é o PCdoB desde o início do governo Lula até o impeachment de Dilma, dentro do governo, conciliando as classes, tentando unir o capital e o trabalho, tanto é que Lula, enquanto presidente da República, tinha como vice José de Alencar, que era um dos maiores empresários do Brasil”, completou.

Para o pré-candidato, o conceito adotado pelas gestões Lula e Dilma, apiadas pelo PCdoB, é inconcebível. “Para nós do PSTU, é impossível a conciliação entre o capital e o trabalho. Esses governos tentam mostrar que é possível fazer essa conciliação, mas na realidade concreta se percebe que é inviável, porque a classe trabalhadora, trabalha, produz, e fica pobre. A classe que não trabalha, fica rica”, pontuou.

Ramon Zapata, afirmou que a sugestão do PSTU à sociedade, é de que haja inversão desse conceito político e econômico atualmente aplicado.

“Nossa sugestão é de que se inverta essa lógica. Ou seja, nós queremos chamar a classe trabalhadora como um todo, homens, mulheres e juventude, para uma grande rebelião, para se confrontar esse modelo que está aí. Esse modelo é injusto e não satisfaz a classe”, disse.

Ele afirmou que a própria classe trabalhadora pode mudar esse cenário. “Se você sair hoje nas ruas e perguntar para a classe trabalhadora se esse modelo serve para, ela vai te dizer que não serve. Porque educação não começa na escola, é anterior a isso. As pessoas sabem como é que são as suas vidas, como é que elas estão vivendo. Saúde pública é precarizada, educação, saneamento não estrutura e infraestrutura. E a classe trabalhadora sabe porque é ela quem está lá, pegando as filas, o transporte superlotado. Acontece que num momento como esse fica um tanto quanto difícil as nossas repostas chegarem porque estamos num sistema eleitoral antidemocrático, viciado. Não temos tempo de televisão, recurso. Por isso é difícil alcançar a todos”, finalizou.


Do Gilberto Léda

SEMA inicia planejamento para criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Buriti



A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) participou na última quinta feira (05/07), no município de São Bernardo, da Oficina de Planejamento das Ações para Organização do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Buriti, um dos afluentes do Rio Paraíba. Além da SEMA, o evento contou com a presença de representantes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA); Consórcio Intermunicipal das Mesorregiões Norte e Leste Maranhense (Conleste); secretarias municipais de meio ambiente, sindicatos, colônias de pescadores, indígenas e quilombolas.

“A SEMA como órgão gestor de Recursos Hídricos, apoia essa formação como condição de descentralizar o gerenciamento desses recursos no Estado”, disse o Secretário Marcelo Coelho.

Fazem parte dessa bacia sete municípios: Santana, São Bernardo, Santa Quitéria, Milagres, Brejo, Anapurus e Buriti.

Os comitês de bacia hidrográfica são órgãos que consolidam a descentralização da gestão, sendo constituídos por três setores da sociedade e tendo como unidade de gerenciamento abacia hidrográfica. São instâncias colegiadas cujos membros exercem a função de um parlamento das águas, pois tomam decisões sobre questões referentes à bacia, tendo como principais competências aprovar o Plano de Recursos Hídricos da Bacia, dirimir conflitos pelo uso da água, estabelecer mecanismos e sugerir os valores da cobrança pelo uso da água, entre outras funções.

“A criação dos Comitês favorece a gestão participativa e eficaz das bacias, possibilitando a elaboração de políticas de conservação e uso sustentável, em médio e longo prazo, do plano de gestão das bacias com participação dos usuários, entre outras medidas”, acrescentou o Secretário.

O Maranhão atualmente possui 12 bacias hidrográficas, que o torna privilegiado na oferta desse recurso. O Estado possui os comitês dos rios Munim e Mearim já instituídos. Em andamento, além do Rio Itapecuru, os dos rios Balsas, Preguiças e Parnaíba. Este último em parceria com os estados do Piauí e Ceará. Outros estão em fase de planejamento.

Ascom

sexta-feira, 6 de julho de 2018

VÍDEO – Assista todo o discurso de Roseana Sarney em Codó

Um evento político foi realizado na noite desta quinta-feira (05), no clube Espaço Cultural, pelo ex-prefeito Biné Figueiredo. O evento, que a princípio era apenas para dar posse ao novo diretório do partido MDB de Codó, se transformou em um grande ato político que reuniu um numero considerável de pessoas.

Vários políticos estiveram presentes no local, entre eles a ex-governadora Roseana Sarney, que fez um longo discurso de 20 minutos, recheado de críticas ao governador Flávio Dino e de exaltação as obras que realizou durante os quatro mandatos como governadora do Maranhão.

Assista todo o discurso:

Policia Federal vê indícios de corrupção e lavagem de dinheiro de Lobão na obra de Belo Monte

G1 – Relatório elaborado pela Polícia Federal aponta indícios de que os senadores Edison Lobão (MDB-MA) e Jader Barbalho (MDB-PA) foram beneficiados com desvios na obra da usina hidrelétrica de Belo Monte, um dos maiores empreendimentos para geração de energia do mundo.

Os agentes apontaram suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por parte dos parlamentares, investigados em um dos inquéritos da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

De acordo com a Polícia Federal, o objetivo do inquérito é apurar se houve pagamento de propina para políticos, embora a investigação também tenha apontado indícios de irregularidades no leilão de Belo Monte.

A suspeita é que as empresas responsáveis recebiam dinheiro público para executar a obra, e parte dos valores era desviada para pagamento de propina a políticos

O relatório da PF, concluído em maio, está atualmente nas mãos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que poderá denunciar os parlamentares ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas provas já coletadas. O relator do caso no STF é o ministro Luiz Edson Fachin.

Além de depoimentos de delatores das empreiteiras Andrade Gutierrez e Odebrecht, investigadores identificaram e-mails, registros de entrada nos prédios, pagamentos registrados no sistema de pagamento de propina da Odebrecht – o Drousys – e informações sobre entregas dos valores.

Segundo a PF, também há indícios dos mesmos crimes por parte do filho de Lobão, Márcio Lobão, e do ex-senador Luiz Otávio Campos, aliado de Jader, que seriam os operadores da propina paga pelas empresas.

Os dois foram alvos da Operação Leviatã, em fevereiro do ano passado, que recolheu provas para o inquérito.

O advogado Aristides Junqueira, que defende Márcio Lobão, afirmou que não teve acesso ao relatório e por isso não pode comentar. Segundo ele, no ano passado, quando foram autorizadas buscas envolvendo Márcio Lobão, foi uma operação descabida e baseada apenas na palavra de um delator.

Quando foi deflagrada a Operação Leviatã, no ano passado, o ex-senador negou envolvimento.

Para a PF, há elementos que indicam que os parlamentares foram beneficiados.

“A ligação entre Luiz Otávio Campos e Jader Barbalho é indissociável, o que autoriza a conclusão, com base nos elementos já expostos, de que esse parlamentar, conjuntamente com Edison Lobão, estava por detrás das ações”, afirma o texto do relatório.

De acordo com o documento, os parlamentares “solicitaram, por seus emissários – e, ao que tudo indica, receberam – em concurso, vantagem indevida em razão da função pública que tinham”.

A Polícia Federal justificou no relatório o fato de não terem sido localizadas provas diretas contra os senadores. Segundo o documento, autoridades costumam utilizar terceiros para tratativas irregulares, sem atuar diretamente.

“O emprego de pessoas interpostas por altas autoridades é expediente habitual (…), não sendo exigível, para a imputação de responsabilidade penal (…) ser flagrado aventurando-se pessoalmente em tratativas escusas”, diz o documento.

Filho de Lobão

Delatores e depoimentos narraram repasses por meio de Márcio Lobão, que teria supostamente sido indicado pelo pai para operacionalizar os valores.

O filho de Lobão, conforme o relatório, se apresentou aos executivos das empreiteiras do consórcio da obra em uma série de reuniões individuais em março de 2012, na sede da construtora Andrade Gutierrez, no Rio.


Trecho de relatório da Polícia Federal que narra depoimento de delator sobre Márcio Lobão, filho do senador Edison Lobão

Essas reuniões ficaram registradas no e-mail do ex-diretor da Andrade Gutierrez Flávio Barra e na portaria do prédio onde fica a empresa.

Flávio Gomes Machado, outro ex-diretor da Andrade, disse que Lobão pediu R$ 500 mil a serem entregues para o filho e relatou que providenciou R$ 250 mil.

Segundo ele, o dinheiro foi levado em caixa de camisas com uma sacola. Depois, disse ter recebido reclamação de Márcio Lobão de que faltavam R$ 10 mil.

“Há, assim, informações convergentes e de diversificadas origens a indicar a atuação contumaz de Márcio Lobão como arrecadador financeiro no interesse de seu pai e do grupo político que integrava”, afirma o relatório.

Conforme o documento, chegou a ser negociado pagamento de R$ 11 milhões a Lobão em 2012.

A PF narrou que uma das entregas teria ocorrido no final de fevereiro de 2014.

Segundo a investigação, Márcio Lobão esteve na sede da Odebrecht em 17 de fevereiro para reunião com Ênio Silva. No mesmo dia, Ênio pediu por email que fosse feito um pagamento de 500 mil reais para o codinome “Esquálido”, que segundo as investigações se trata de Edison Lobão.

Dias depois, o Drousys, sistema de pagamento de propina da Odebrecht, registrou em 26 de fevereiro de 2014 a liberação de valores com senha “Cadete”.

A operação também constou de planilha de um doleiro preso, Álvaro Novis, que contou que o pagamento foi feito por uma transportadora de valores, a Transexpert. A PF diz que foi à Transexpert e um funcionário confirmou a entrega.

Ex-senador

Segundo os investigadores, durante a construção da hidrelétrica, as construtoras pediram um reajuste no contrato, por meio de um aditivo, que aumentaria o orçamento. Para pressionar os políticos, pararam de pagar propina.

Foi quando, diz o relatório, Edison Lobão chamou Flávio Barra para uma reunião na casa dele e começou uma nova negociação, com um novo operador – o ex-senador Luiz Otávio Campos.

Flávio Barra, por orientação de Lobão, disse ter ido à casa de Luiz Otávio. O novo operador cobrou e ouviu que os pagamentos só seriam retomados com o aditivo aprovado.

Conforme a PF, apesar de ter sido indicado por Lobão, o ex-senador tinha “laços fortes” com o senador Jader Barbalho e com o filho Helder Barbalho, que chegou a ser ministro do governo Dilma.

Flávio Barra apresentou Luiz Otávio Campos aos empresários em 13 e 14 de agosto de 2014 em Brasília. Encontros estavam registrados no calendário do Outlook do ex-diretor da Andrade.

Segundo as suspeitas, o dinheiro repassado ao senador chegou a ser depositado em contas de um cunhado dele. Conforme a PF, em 2014, “foram centenas de chamadas envolvendo terminais relacionados a ambos”.

Delações premiadas

No documento de 122 páginas, a PF destaca que o inquérito foi aberto a partir da delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral e que recebeu reforço das colaborações de Luiz Carlos Martins, da Camargo Corrêa; Flávio Barra e Otávio Marques de Azevedo, da Andrade Gutierrez; Augusto Roque, Antônio Carlos Daia e Henrique Valladares, da Odebrecht.

As suspeitas são de que empresas que atuaram na obra da hidrelétrica teriam dado vantagens indevidas a PT e MDB em razão de “compromisso” fechado pela Andrade, ao ganhar a obra, com o então ministro Antônio Palocci, hoje delator da Lava Jato.

Ex-diretores disseram que políticos pediram expressamente que 1% do faturamento com a obra fosse destinado ao PT e ao MDB, dividido em partes iguais.

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, defensor de Edison Lobão no caso, disse que tenta autorização de acesso ao relatório. Ele afirmou que, embora desconheça o teor do documento, acompanha a investigação e diz que não há elementos capazes de incriminar o senador.

“Estamos acompanhando a investigação e tranquilos em relação ao senador Lobão. Desconhecemos o relatório. Estamos tentando desde maio ter acesso, mas infelizmente mais uma vez disseram que não poderíamos ter”, afirmou o advogado.

O senador Jader Barbalho afirmou que o relatório é uma “leviandade” e uma “barbaridade” porque não tem nenhum fundamento relacioná-lo à obra de Belo Monte.

“Nunca tive nenhum encontro sobre a obra e nunca recebi nada desta gente, nem telegrama de aniversário”.

Para o senador, quem assinou o relatório que o aponta como beneficiário de propina é “um irresponsável que está fazendo molecagem”. “Desafio quem quer que seja a apontar um ato contra mim”, afirmou Jader Barbalho.