Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Homens que vendiam drogas via WhatsApp são presos em São Luís


Traficantes que vendiam drogas em rede social
 são presos com 2 kg de maconha no 
bairro Fumacê, em São Luís.
Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) prenderam em flagrante por tráfico de drogas Cleydeson do Rosário Éverton dos Santos, Emerson Júlio Santiago Santos e Ricardo Layme Júnior.

Pelas informações da polícia, chegaram ao conhecimento da Seic informações de que suspeitos de tráfico estariam comercializando droga por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp e as entregas eram realizadas no bairro Fumacê, na área Itaqui-Bacanga, sendo utilizado um veículo Chevrolet/Ônix nas entregas.

Na tarde de sexta-feira (14), os suspeitos aguardaram a chegada de um veículo para fazer a entrega da substância entorpecente. No momento da transação, houve a abordagem policial. No interior do veículo foram encontrados dois tabletes de maconha.

Em continuidade às diligências, na casa de um dos suspeitos os policiais encontraram mais 200 gramas de maconha. Em seguida, os presos foram conduzidos a esta Superintendência, onde houve a lavratura do flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os trâmites, todos foram encaminhados ao sistema penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça.


Do Domingos Costa

sábado, 15 de dezembro de 2018

A disputa será no grupo de Flávio Dino em 2022…


Movimentação já intensa com vistas às eleições de 2020 guarda um forte interesse na sucessão do próprio governador comunista; todos querem a prefeitura – para si ou para aliados – como instrumento de influência daqui a quatro anos

BRANDÃO, WEVERTON, FLÁVIO DINO E ELIZIANE são os principais nomes de 2022; mas todos dependem do resultado de 2020
Há um pano de fundo na movimentação intensa de aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) com vistas à sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Desde os senadores eleitos Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) – passando pelos deputados federais Bira do Pindaré (PSB) e Márcio Jerry (PCdoB) – até o vice-governador Carlos Brandão (PRB), todos sabem que a Prefeitura de São Luís será fator de influência na eleição de 2022.

E ninguém quer perder cacife na sucessão do próprio Flávio Dino.

Atualmente, a mais promissora liderança maranhense para 2022 é o senador eleito Weverton Rocha; ele tem o maior grupo de aliados, a maior estrutura partidária e a maior base de prefeitos, deputados e vereadores, situação que só tende a aumentar no decorrer dos próximos anos.

Mas nem todos no grupo de Flávio Dino aplaudem de bom grado o líder pedetista.

E tirar dele e do PDT o cacife junto à Prefeitura de São Luís é um dos objetivos de vários destes aliados, muitos dos quais analisam que até mesmo uma vitória de Eduardo Braide (PMN) em 2020 possa vir a ser bom para chacoalar as pedras do xadrez político maranhense.

Para Weverton e Edivaldo Júnior, o melhor dos mundos seria a eleição de Eliziane Gama para a prefeitura, o que abriria caminho para 2022.

Mas 2022 também interessa à senadora eleita, que sabe da articulação de Weverton pela sucessão de Flávio Dino; neste caso, para ela, o ideal seria a eleição de um prefeito com o seu apoio, o que construiria sua própria estrada para a sucessão do comunista.
BIRA DO PINDARÉ E MÁRCIO JERRY são os nomes do Palácio para tentar frear o cacife de aliados

Flávio Dino e seu vice, Carlos Brandão observam os dois com uma espécie de “olho no peixe, outro no gato”.

O primeiro porque terá de deixar o governo se quiser disputar as eleições de 2022; o outro porque herdará naturalmente o comando do estado, com a possibilidade de concorrer no cargo a um novo mandato.

Aos dois – tanto Brandão quanto Flávio Dino – o ideal é ter um amigo muito mais do que um aliado no lugar de Edivaldo Júnior.

Daí os nomes de Bira do Pindaré e Márcio Jerry postos na disputa de 2020.
OTHELINO NETO E EDIVALDO JÚNIOR podem ser beneficiados de acordo com os movimentos das peças

E no meio deles todos estão também o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), e o próprio Edivaldo Júnior, que dependem de movimentações específicas para garantir espaço de poder daqui a quatro anos.

Othelino, por exemplo, pode até herdar o governo, dependendo de como as peças se movimentarão nas duas eleições vindouras.

Edivaldo, por sua vez, dependerá fundamentalmente do seu sucessor para se manter vivo após dois anos sem mandato.

Por isso, precisa ele próprio comandar a sua sucessão.

Porque dela depende a vida de boa parte dos seus aliados…


Do Marco Aurélio D"Eça

Em Brejo: Câmara Municipal elege nova Mesa Diretora por unanimidade

Em sessão extraordinária, na manhã da última sexta-feira, 14 de dezembro, foi realizada a votação e eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Brejo para o biênio 2019-2020. A chapa única na disputa obteve 13 votos favoráveis. Neuton Martins de Oliveira (PSD) foi escolhido o presidente da Mesa e comandará os trabalhos do Legislativo Municipal nos próximos dois anos.

A nova Mesa, que assume em 2019, será formada pelos vereadores: Neuton Martins de Oliveira – PSD (Presidente), José Carlos Freitas Martins – PDT (1° Vice-Presidente), Maysa Eugênia Messias Feitosa da Silva (PV), 1º Secretário, Aléssio Ricardo Gomes Linhares (PROS) 2° Secretário.

A votação foi conduzida pelo presidente Paulo Sérgio Santos de Carvalho (PPS), que parabenizou a todos vereadores pelo diálogo e a construção da chapa única. 

“Quero aqui parabenizar a nova Mesa Diretora e desejar que ela possa conduzir de forma republicana e transparente os destinos do Legislativo no próximo biênio 2019-2020. Parabenizar todos também pelo diálogo na construção dessa chapa única.”, frisou.

O presidente eleito, Neutom Martins de Oliveira (PSD) ressaltou que o colegiado garantirá condição para todos os vereadores exercerem o mandato com excelência. 

“Queremos que a Casa continue no rumo certo e trabalhando muito pela população de Brejo. Vamos manter o diálogo com todos os vereadores e garantir condições para que todos realizem seu trabalho com excelência”.

Neuton Martins já conduziu a casa no biênio 2010-2016.


Do Zé Viola

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

“Operação Desarma Buriti”: Forças de Segurança Pública cumprem mandados de busca e apreensão

Uma ação conjunta das Forças de Segurança Pública deflagrou na cidade de Buriti-MA a operação “Desarma Buriti”. De acordo com o delegado Josemar Rocha, operação contou com a participação de Policiais Civis e Militares, além da Guarda Municipal de Buriti, além de Policiais oriundos das cidades de Chapadinha, Anapurus, Santa Quitéria e Brejo.

Segundo Dr. Josemar Rocha, o objetivo da operação foi dar cumprimento à mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pelo Juiz de Direito da Comarca de Buriti, atendendo à representação da autoridade policial, cujo parecer do Ministério Público foi favorável às buscas.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em algumas residências, ocasião em que se obteve os seguintes resultados:

1 – Prisão em flagrante de JOSÉ ANTONIO PEREIRA NASCIMENTO JUNIOR, conhecido como “JUNIOR DO TANA” (25 anos) pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido.
2 – Autuação de JOSÉ SANT’ANA NUNES NASCIMENTO, conhecido como “TANA” (28 anos), pela prática de crime ambiental contra a fauna.
3 – Prisão em flagrante de ANTONIO JOSÉ SILVA BATISTA (66 anos) pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

O delegado Josemar Rocha, solicita a comunidade em geral que, caso reconheça algum dos acusados desta reportagem, como autor de outros crimes, que procure a delegacia para que sejam tomadas as providências cabíveis. “Uma sociedade onde as Forças de Segurança Pública e o cidadão caminham de mãos dadas, não há crime ou criminoso que prospere. Ressalta-se por último, não menos importante, o apoio dado pela Prefeitura de Burit, que disponibilizou condições materiais para a realização desse trabalho” disse o Dr. Josemar.




Do CN1.

Após 4 anos de avanços, Maranhão está pronto para novo ciclo, diz Márcio Jerry

Márcio Jerry durante coletiva sobre balanço de gestão
O secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, fez nesta quinta-feira (13) um balanço resumido sobre os quatro anos de gestão do governador Flávio Dino e mostrou perspectivas para o próximo mandato: “Mesmo com a crise econômica nacional, tivemos ampliação dos serviços públicos, estruturando o Maranhão para um novo ciclo de desenvolvimento”.

“Com a superação da forte crise que atinge o Brasil, o Maranhão tem condições não só de ampliar os investimentos, mas de entrar em um novo ciclo de utilização plena de seu potencial econômico, dos recursos naturais, do transporte, de seu complexo portuário. Assim, poderemos ter uma nota etapa de desenvolvimento sustentável e com justiça social”, afirmou durante entrevista coletiva a jornais, rádios, TV e blogs.

Jerry lembrou que, desde o início da gestão, o governador Flávio Dino encontrou um cenário nacional de muita instabilidade econômica e política, o que afetou todos os Estados. O Maranhão, por exemplo, deixou de receber mais de R$ 1,5 bilhão em repasses federais neste período.

“A despeito da crise, o governador Flávio Dino conseguiu empreender muito nestes quatro anos, com avanços inquestionáveis em várias áreas essenciais das políticas públicas. Não há uma área em que não constatemos avanços importantes no comparativo com o que tínhamos no final de 2014.”

Balanço
O secretário também falou sobre o maior salário
 do Brasil para os professores da 
rede estadual maranhense
Jerry começou o balanço das ações com a Educação. Alguns dos números expostos pelo secretário foram: 830 Escolas Dignas construídas, reconstruídas ou reformadas; mais de 50 escolas de ensino integral; e 26 unidades do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). Antes, não havia ensino integral e nem profissionalizante na rede estadual.

O titular da Secap também falou sobre a entrega de 1,4 milhão de uniformes, R$ 148 milhões investidos no Bolsa Escola, 91 ônibus e duas lanchas escolares.

“Tivemos a melhor nota do Ideb da história do Maranhão”, lembrou ao se referir sobre a evolução do desempenho do Ensino Médio, que passou de 2,8 para 3,4 na escala medida pelo Ministério da Educação.

O secretário também falou sobre o maior salário do Brasil para os professores da rede estadual maranhense: R$ 5.750,83.

“O conjunto da obra na Educação é inegavelmente o que tem mais importância neste período de governo. Não há possibilidade de implantar política de desenvolvimento sem base educacional”, disse Márcio Jerry.

Saúde e Mais Asfalto
Jerry também percorreu ações na cultura, no turismo, no saneamento, no abastecimento de água e em outras áreas.

Durante o balanço, o secretário destacou a entrega de dez novos hospitais em todo o Maranhão, mais de 200 ambulâncias, mais de 240 mil atendimentos do Mais Saúde, a criação da Casa de Apoio Ninar e a abertura do Sorrir.

Outro ponto de atenção foi a infraestrutura, com a marca de 3 mil quilômetros concluídos pelo Mais Asfalto em mais de 210 cidades do Estado.

“O Mais Asfalto levou pavimentação para os municípios num momento de crise econômica. Ajudou muito na requalificação e melhorias urbanísticas das cidades.”

Segurança

Na Segurança Pública, Jerry destacou o aumento da criminalidade no cenário nacional, enquanto o Maranhão reduziu os homicídios em 62% na Grande Ilha, em comparação com 2014.

O Estado chegou à marca recorde de 15 mil policiais. Nove mil profissionais foram promovidos. Mais de mil viaturas foram entregues.

“E Pedrinhas mudou radicalmente, porque o Estado tomou conta do sistema penitenciário do Maranhão. Pacificou o sistema prisional”, acrescentou, referindo-se ao fim das rebeliões e massacres nos presídios.

Ações sociais e cultura

Entre as ações sociais, o secretário ressaltou o aumento de 6 para 25 Restaurante Populares no Maranhão: “É algo que ninguém jamais vai conseguir fechar. Porque tem um impacto muito grande para os moradores e os municípios”.

Jerry também percorreu ações na cultura, no turismo, no saneamento, no abastecimento de água e em outras áreas.

“Em síntese, há um dinamismo de governo que se pautou fortemente pelo cumprimento ao que propôs e que conseguiu driblar muito fortemente a crise brasileira. Conseguiu manter investimento novos e ampliou serviços. E constituiu um ambiente seguro para investidores privados”, concluiu, referindo-se a empreendimentos bilionários que vieram para o Maranhão desde 2015, com empresas como Suzano, Vale e Ômega Energia.

Prefeito de Matões do Norte é condenado por nomear servidores sem concurso público

O prefeito municipal de Matões do Norte, Domingos Costa Correa, foi condenado pelo Judiciário de Cantanhede pela prática de improbidade administrativa, por ter contratado mais de 120 servidores temporários para o cargo de professor no município, havendo 84 candidatos aprovados e dentro do número de vagas do último concurso público, realizado em 2015.

A sentença, do juiz Paulo do Nascimento Junior p, titular da comarca de Cantanhede, penalizou o prefeito com o pagamento de multa civil no valor correspondente a dez vezes a última remuneração mensal; a suspensão dos direitos políticos, pelo período de três anos e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente pelo prazo de três anos.

A ação foi fundamentada no Procedimento Administrativo nº 036-2017-PJC, instaurado na Promotoria de Justiça, para apurar contratações temporárias ocorridas no Município de Matões do Norte, sem excepcional interesse público, apesar da existência de candidatos aprovados dentro do número de vagas oferecidas no último concurso (Edital nº 1/2015), com validade de dois anos, a partir de 18 de maio de 2016.

Foi constatado que, no primeiro dia útil do seu mandato, o gestor celebrou mais de 120 contratos temporários e deixou de realizar a nomeação dos aprovados em concurso público (antes mesmo da vigência da Lei 174/2017 – ocorrida em 24.02.2017). Os contratados temporariamente exerciam funções típicas de cargo cujo provimento exige prévia aprovação em concurso de ingresso, inconfundíveis com os típicos de chefia, direção e assessoramento, e que não se enquadram nas situações excepcionais.

LEI – O réu alegou não haver demonstração de lesão. Que a Constituição Federal autoriza a contratação por tempo determinado e que cabe ao município dispor sobre os casos que são objetos de contratação temporária no âmbito de sua circunscrição, não devendo, neste caso, submissão aos dispositivos constitucionais e estaduais. Argumentou ainda que as contratações realizadas conforme a Lei 174/2017 foram encerradas em dezembro de 2017, cabendo ao município dispor sobre o momento oportuno da convocação dos aprovados no concurso público.

Na análise do processo, o juiz observou que o conjunto de provas juntado aos autos não deixa margem a dúvidas que a prática ilícita foi executada em larga escala, o que demonstra desprezo pelo princípio da moralidade administrativa e pela regra constitucional que outorga a todos os cidadãos igualdade de oportunidade no acesso aos cargos públicos.

“O candidato aprovado dentro do número de vagas constante no edital não pode ter sua nomeação preterida em razão de contratação temporária de pessoal. Tal situação demonstra de forma inequívoca a necessidade do serviço por parte da administração pública. Logo, insustentável o argumento do réu de que o município poderia dispor sobre o momento oportuno para promover a convocação”, concluiu o juiz.

No entendimento do magistrado, o réu não demonstrou a circunstância urgente e excepcional que justificasse a adoção das contratações temporárias como forma de ocupar os cargos vagos. E ainda que essa circunstância existisse, não autorizaria o desprezo da lista de aprovados no concurso de 2015, o qual já se encontrava homologado à data das contratações.

Quanto ao dano, o juiz avaliou ser incabível a condenação do réu em ressarcimento, vez que a contratação dos servidores temporários não é suficiente para comprovação de prejuízo ao erário, tendo em vista a falta de prova de que não exerciam efetivamente as funções previstas para os cargos que ocupavam, mediante contraprestação mensal.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Prefeitura de Barreirinhas terá que explicar pagamento para empresa locadora que não tem nenhum carro

Prefeito Albérico Filho
O prefeito da cidade de Barreirinhas-MA, Albérico Filho, terá que explicar a contratação de uma empresa de locação de veículos que não tem nenhum carro.

Um verdadeiro escândalo que foi constado pelo Ministério Público de Contas (MPC), que encaminhou ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) representação solicitando medida cautelar para impedir o Município de continuar realizando os pagamentos para empresa Ipiranga Empreendimentos e Locação ltda.

Para se ter ideia, só este ano a empresa já recebeu dos cofres públicos de Barreirinhas a quantia de R$ 3,4 milhões pelo aluguel de 204 veículos, mesmo sem ter nenhum veículo. “É evidente a ausência de capacidade operacional da empresa representada”, disse o procurador Douglas Paulo da Silva.

Foram alvos da representação, além da empresa Ipiranga, a secretária municipal Maria Marta Reis Conceição e a pregoeira Sandy Cutrim Santos.

EM TEMPO: a Ipiranga Empreendimentos e Locação ltda também tem contrato com outras prefeituras com indícios de irregularidades.


Do Luis Pablo

Ex-policiais são condenados a mais de 34 anos de prisão pela morte do prefeito Bertin

Os três ex-policiais militares acusados da morte do prefeito de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu dos Santos, o ‘Bertin’, foram condenados a mais de 34 anos de prisão. O julgamento durou três dias e terminou nesta quarta-feira (12) em Itapecuru-Mirim.

“O que a gente pode observar é que nós tivemos um julgamento tranquilo, um julgamento onde os preceitos legais foram observados por todas as partes. A plenitude de defesa foi observada. Então o resultado é o resultado mais justo dentro de todos os ditames legais e constitucionais possíveis para a situação”, declarou a juíza Mirela Freitas.

José Evangelista, Raimundo Salgado e Benedito Serrão foram condenados a mais de 34 anos de prisão pela morte do prefeito Bertin — Foto: Reprodução/TV Mirante

Os advogados de defesa afirmaram que tentarão modificar a sentença. “Sempre. Sempre qualquer injustiça tem que ser perseguida via o recurso”, contou o advogado Márcio Coutinho.

Os ex-pms José Evangelista, Raimundo Salgado e Benedito Serrão são acusados pelo Ministério Público de serem os assassinos do prefeito em uma emboscada na BR-222, em março de 2007.
Ex-prefeito de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu dos Santos, o ‘Bertin’ — Foto: Reprodução/TV Mirante

Os advogados de defesa apresentaram praticamente a mesma tese, que os três militares estariam em cidades diferentes na noite do crime. Entretanto, o Ministério Público não tem dúvidas que os ex-policiais forram pagos para executar o prefeito e que não teriam dado nenhuma chance de defesa para a vítima.

“O crime foi praticado mediante pago a promessa. O que é isso? Crime de encomenda. Os executores executaram o crime atendendo a uma ordem de uma outra pessoa. A segunda qualificadora é que a vítima não teve realmente como se defender. Foi um ato que não era esperado e, por conta disso, incide a qualificadora que nós levantamos e sustentamos perante a tribuna”, afirmou o Promotor de Justiça, Pedro Lino.

Um outro processo em andamento deve confirmar se houve mandante. Caso exista, o processo deve apontar, quem foi ou quem foram os mandantes da execução do prefeito de Presidente Vargas.


Do G1-MA

Secretária de Educação de Duque Bacelar participa de evento da Undime em São Luís

A secretária de Educação de Duque Bacelar Dra Lucia Oliveira participou entre os dias 10 e 11 em São Luís, do VI Fórum Extraordinário dos Dirigentes de Municipais de Educação do Maranhão.
Dra Lúcia e o governador Flávio Dino
O evento organizado pela União dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime, teve como tema Qualidade e Equidade: desafios para o fortalecimento da Educação no Maranhão.

Secretária de Educação representou Duque Bacelar no evento
O evento contou com a presença do governador Flávio Dino, do secretário de Educação do Estado Felipe Camarão e do presidente da Undime Alessio Costa Lima.
Dra Lúcia e o secretário de Educação do Estado Felipe Camarão
“A participação em eventos dessa natureza tem sua importância, pois serve para alcançarmos novos conhecimentos e compartilharmos as experiências executadas em nossos municípios. O ano de 2018 foi um marco para a educação de Duque Bacelar, onde nos destacamos no cenário regional, estadual e até nacional. A educação é uma das principais bandeiras do governo do prefeito Jorge Oliveira e em 2019 tenho a certeza de que haveremos de colher novos frutos”, destacou a secretária que também é presidente do Fórum de Educação de Duque Bacelar.


Do Portal Gaditas

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Polícia identifica atirador que matou 4 durante missa na Catedral de Campinas

Crime ocorreu na tarde desta terça-feira (11) e outras quatro pessoas ficaram feridas. Autor dos disparos foi Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, que tem CNH registrada em Valinhos (SP).

A Polícia Civil confirmou na tarde desta terça-feira (11) que o atirador que matou quatro pessoas durante uma missa na Catedral Metropolitana de Campinas (SP) é Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, que tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) registrada em Valinhos (SP). Ele cometeu suicídio após o crime e outras quatro pessoas ficaram feridas após serem atingidas por disparos.

O delegado José Henrique Ventura afirmou que a profissão do atirador era analista de sistemas. "Não temos até o momento nenhuma informação sobre motivação", explica. Além disso, segundo a Polícia Civil, o atirador não tinha antecedentes criminais e um delegado já foi até a casa onde ele morava para ver com quem morava e se no local são encontradas informações relevantes.

Além disso, Grandolpho chegou a trabalhar como auxiliar de promotoria no Ministério Público do estado de São Paulo. Segundo a assessoria do órgão, ele exonerou-se em julho de 2014.

De acordo com Ventura, aparentemente não havia relações entre o atirador e as vítimas. Um perfil de Grandolpho em rede social diz que ele estudou na Unip e no Colégio Técnico da Unicamp.

Os quatro mortos são homens e as identidades deles não foram confirmadas até a publicação.

O que já se sabe sobre o ocorrido:

.Uma missa havia começado às 12h15;
.Um homem entrou armado na Catedral, por volta das 13h;
.Ele sentou em um dos bancos da igreja e, ao final da celebração, disparou cerca de 20 tiros;
.Ele matou quatro homens, deixou quatro pessoas feridas e cometeu suicídio na sequência;
.Os mortos não foram identificados;
.A motivação do crime é investigada pela polícia;
.Os feridos foram levados ao Mário Gatti, Beneficência Portuguesa e .Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp - veja, abaixo, o estado de saúde de cada um deles;
.Para a polícia, o atirador "executou um plano que tinha na cabeça"
.O atirador foi identificado como Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos;


20 disparos

O delegado do 1º Distrito Policial, Hamilton Caviola Filho, viu imagens do circuito de segurança dentro da igreja no momento da ação. Ele estima pelo menos 20 disparos.

"Ele sentou a uns dez metros para a frente da porta. Ele não entrou atirando, primeiro ele senta em um banco", afirma. De acordo com o delegado, logo após a entrada do atirador, três pessoas sentaram no banco atrás dele e foram as primeiras a serem atingidas. Entre elas, uma morreu.

"Ele usou uma arma, mas estava com duas. Motivação a gente só vai saber quando identificar, para saber o histórico dele. Eu estou me reportando às imagens. Ele [atirador] parou, pensou e executou o plano que tinha na cabeça [...] Ele se matou, mas o policial deve ter alvejado ele porque estava com um tiro na costela, depois desse tiro ele caiu e se matou", diz o delegado.

Os feridos

Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local, por volta das 13h20, para atender aos feridos. A informação inicial é de que Jandira Prado Monteiro, de 65 anos, teve lesões em uma das mãos e tórax e foi socorrida ao Hospital Mário Gatti, mas está fora de risco.

Para o mesmo hospital municipal foi encaminhado Heleno Severo Alves, de 84, que foi atingido por dois disparos nas regiões do tórax e abdômen e passará por cirurgia. O estado dele é grave.

Maria de Fátima Frazão Ferreira, de 68 anos, foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp após ser baleada em uma das pernas e o quadro de saúde dela é estável, segundo a unidade.

O quarto ferido é um homem, de 64 anos, que foi atingido por dois tiros de raspão e foi socorrido ao Hospital Beneficência Portuguesa. A assessoria informou à EPTV que ele já recebeu alta.

O entorno da Catedral Metropolitana foi isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.


ALERTA VERMELHO! AMÉRICO DE SOUSA E A SAGA DE MAIS UMA DERROTA


A PRIMEIRA DERROTA

É nas eleições recentes que o governo Américo sofre sua primeira derrota. Mesmo juntando lideranças políticas capazes de transferir mais de 20 mil votos aos seus candidatos, Américo vergonhosamente fica atrás do seu maior oposicionista atualmente com apenas 4 mil votos.

Prepotente, Américo exonera eleitores e apoiadores de candidatos que ela não apoiou. Américo se acha dono do voto e da liberdade de escolha das pessoas que ele emprega. Se acha dono da cidade, desloca empresas do seu local de funcionamento e rapidamente ganha a fama de prefeito perseguidor.

Após as campanhas ele dá uma passo devastador para seu governo. Se desentende, se afasta e desdenha o vereador Marcos Tourinho.

A SEGUNDA DERROTA

Seu maior pesadelo, acontece dia 11 de dezembro de 2018, ás 17h47. Américo perde a maioria da Câmara municipal e vê sua indicação a presidência da casa virar um mero espectador da derrota humilhante imposta pela chapa do vereador PRACIMA. O começo do fim de um governo incapacitado. Que tem à sua frente um prefeito raivoso, centralizador de poder, autoritário e perseguidor.

De agora em diante, Américo de Sousa e Osmar Aguiar, terão que aceitar o revés sofrido e pensar duas vezes antes de retaliar um vereador que seja na Câmara Municipal, pelo motivo que for. Provocar uma unidade com 8 votos, liderados pelo audacioso e então presidente Marcos Tourinho é mais que burrice, é suicídio político.


Do Portal R10