Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

PACTO PELA PAZ

PACTO PELA PAZ

terça-feira, 27 de junho de 2017

Comunidades indígenas de Jenipapo dos Vieiras são beneficiadas com cisterna do Programa 2ª Água

Vinte e três famílias indígenas da comunidade Cajueiro Real e Cana Brava II, do município Jenipapo dos Vieiras foram beneficiadas, nesta última semana, com cisternas do Programa Segunda Água com capacidade de armazenar 25 mil litros e que permite as famílias produzirem o ano inteiro, mesmo no período de estiagem. O governo do Estado, por meio do Sistema SAF (AGERP, ITERMA, SAF) vem ampliando as linhas de acesso à água a povos antes desvalorizados e esquecido.

Além da construção de cisternas serão construídos arranjos produtivos, como galinheiros, pocilgas, hortas à escolha do produtor indígena, que vai auxiliar ainda mais na renda familiar. 

“Estamos de parabéns em receber essas cisternas. Aqui nós não temos rios e nem açudes e a bomba do poço artesiano vive queimando, então essas cisternas, aqui na nossa aldeia, vai melhorar nossa vida”, contente enfatizou o cacique Silvestre Guajajara da comunidade Cajueiro Real.

Ao todo serão construídas 170 cisternas beneficiando mais de 100 famílias indígenas, um investimento de mais de R$ 1,5 mi dando oportunidade para que os índios possam captar e armazenar água das chuvas e assim, além de consumirem a água, utilizá-la também para a produção agrícola no período da estiagem. O Programa Cisternas 2ª Água, desenvolvido no Maranhão pelo Sistema da Agricultura Familiar, a partir do convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

“Esse é um programa federal já atendia todo o país, mas ainda não havia chegado ao Maranhão. No passado, o montante de R$ 40 milhões, destinado a esse projeto foi devolvido em decorrência da falta de ajustamento entre o pleito e a realidade existente no Maranhão. A equipe da SAF uniu esforços para trazer o Programa ao Estado com o intuito de oferecer dignidade e qualidade de vida ao nosso agricultor familiar, e aqui está o resultado desse esforço, centenas de povos indígenas estão sendo beneficiados com acesso a água para produção de alimento. Eles vão produzir o ano inteiro, mesmo no período da seca”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

O prefeito de Jenipapo dos Vieiras, Moisés Ventura, agradeceu o apoio que sua gestão vem recendo do Governo do Estado. "Tenho quase seis meses de administração e temos conseguido fazer muito com a ajuda do Governador Flávio Dino. Recebemos recentemente uma escola, reabrimos o hospital do município que se encontrava fechado, conseguimos asfalto que está chegando, recebemos uma patrulha mecanizada e teremos também outra patrulha exclusiva para atender as comunidades indígenas. Eu só tenho a agradecer o apoio do Estado pela força que tenho recebido quando chego em São Luís para pleitear benefícios para o povo de Jenipapo e para o nosso povo indígena". disse.

Com investimentos de R$ 40 milhões, o programa no Maranhão vai beneficiar 4.067 famílias com essa tecnologia social de acesso à água para produção de alimentos. Dos 16 municípios que serão beneficiados com o Programa Cisternas – Segunda Água, oito estão inseridos no Plano de Ações ‘Mais IDH. Serão beneficiados: Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Marajá do Sena, Belágua, Santana do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, Humberto de Campos, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão, Paulino Neves, Amarante do Maranhão, Arame, Buriticupu, Nina Rodrigues, Presidente Vargas e Cachoeira Grande.


Nenhum comentário:

Postar um comentário