MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sábado, 24 de junho de 2017

Prefeito de Coelho Neto - MA volta ao rádio para atacar o ex-prefeito Soliney Silva

Foto: reprodução
Visivelmente incomodado com o movimento Pelo Bem de Coelho Neto, prefeito Américo de Sousa (PT) volta a exibir sintomas de incompetência administrativa

Outra vez o prefeito Américo de Sousa (PT) creditou ao ex-prefeito Soliney Silva (PMDB) a culpa pelos fracassos do seu governo.

Afirmou que recebeu a prefeitura na inadimplência e isso, segundo ele, tem prejudicado a liberação de recursos para o município.

Américo não esclareceu pra onde foi o dinheiro que dizia existir nos cofres da prefeitura no governo anterior. Também não falou pra onde foram os quase 40 milhões recebidos pelo seu governo.

Sobre o festejo junino, tão criticado nas redes sociais, disse que não conseguiu conveniar R$ 200 mil com o governo do estado porque o ex-prefeito não prestou contas de convênios anteriores.

Garantiu que os advogados do município estão preparando ações contra o gestor anterior para, segundo ele, tirar o município da inadimplência e transferir o débito para o CPF do ex-prefeito.

Visivelmente incomodado com o movimento PELO BEM DE COELHO NETO, encabeçado por Soliney, falou que o maior bem para o município seria a devolução do dinheiro da captação de água. 

Esqueceu-se, talvez, que esse convênio foi firmado pelo seu aliado Magno Bacelar, e que o então prefeito Soliney foi quem acionou o MPF pela paralisação da obra depois que a FUNASA procedeu vistoria e constatou que o recurso deixado era insuficiente para a conclusão da obra.

O petista, atiçado pelo seu instinto caluniador, fez uma avaliação patética das prestações de contas do exercício 2010, de responsabilidade do ex-prefeito Soliney, aprovadas por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE.

Afirmou existir um recheio de ilegalidades.

Envolto num disse-me-disse afirmou não ter pedido pra nenhum vereador votar pela desaprovação da matéria, admitindo que o parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara contraria o parecer o TCE. E fazendo as vezes de Pilatos lavou as mãos: “Eles (os vereadores) julgarão o ex-prefeito e ao mesmo tempo serão julgados pelo povo”.

Visivelmente incomodado com o movimento Pelo Bem de Coelho Neto,encabeçado por Soliney, Américo a todo instante criticava e ironizava a iniciativa.

Criticou a imprensa que, segundo ele, está sendo paga pelo ex-prefeito para pregar terrorismo nas redes sociais contra o seu governo. Afirmou que grupos (ele não deu nome aos bois) estariam atrapalhando a sua administração, destacando, outra vez, o movimento PELO BEM DE COELHO NETO.

E, assim, a entrevista do prefeito petista só serviu mesmo pra alimentar o seu incurável e eterno desafeto para com o seu padrinho político Soliney Silva.

O ex-prefeito Soliney Silva disse que vai pedir direito de resposta na Justiça.


Com informações do Direto ao Assunto

Nenhum comentário:

Postar um comentário