Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Ex-prefeito Soliney afirma futura represália a vereadores peemedebistas e desiste de comparecer a câmara de Coelho Neto

Foto: Reprodução
Através de Nota, Soliney Silva (PMDB) esclarece os motivos de não comparecer ao julgamento das contas do município de 2010, sob sua responsabilidade, e afirma que o processo está eivado de nulidades e que vai tomar as medidas administrativas cabíveis no âmbito partidário.

O Ex-prefeito de Coelho Neto (MA), Soliney Silva (PMDB) é aconselhado por sua assessoria jurídica a não comparecer à sessão extraordinária da Câmara de Vereadores convocada especificamente para julgar as contas do município, exercício 2010, sob a responsabilidade do peemedebista.

Em Nota de Esclarecimento, o advogado Marcos André Lima Ramos se baseia no Decreto Legislativo número 002/17, de 21 de julho de 2017, que trata das matérias reservadas às contas de gestão, para afirmar que o processo “montado” pela Câmara apresenta completo descompasso constitucional, portanto, praticado em desrespeito as formalidade legais.

O causídico informou que, diante do ato processual defeituoso, Soliney Silva não comparecerá à sessão. Ressalta, por fim, que o ex-prefeito, na condição de líder partidário estadual e municipal e por ser integrante da diretoria do PMDB, tomará, no âmbito partidário, as devidas medidas administrativas cabíveis.

Leia a íntegra da Nota do ex-prefeito:



Do Direto ao Assunto/ Edição de titulo: Leste Maranhense

Nenhum comentário:

Postar um comentário