MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Mutirão de Cirurgias de Catarata atende pacientes de 43 municípios no Hospital Macrorregional de Imperatriz

Pacientes de 43 municípios das regiões de saúde de Açailândia, de Imperatriz, Balsas e Barra do Corda recebem atendimento no Mutirão de Cirurgias de Catarata no Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, em Imperatriz. 

A meta, de acordo com o diretor administrativo do hospital, Felype Hanns, é avaliar mais de 500 pacientes da Região Tocantina. “Já iniciamos na última sexta-feira, as avaliações com 140 pacientes e nesta quarta realizamos mais 140. Dessas, nós já temos 150 pacientes indicados para cirurgia. Teremos mais avaliações no próximo dia 2”, explicou o diretor. 

No Mutirão, a saúde ocular dos pacientes é avaliada por três médicos oftalmologistas que identificam os casos cirúrgicos. “No primeiro momento, nós fazemos a triagem dos pacientes, porque alguns não vão precisar de cirurgia. Aqueles que precisarem, serão encaminhados para realização dos exames pré-cirúrgicos aqui mesmo no hospital e as cirurgias serão marcadas para agosto”, explicou o oftalmologista Alberto Madeira. 

O médico explica que, além de identificar os casos de catarata, também são detectados pacientes com outras patologias da visão. “No mutirão, é feito exame do fundo do olho e, por meio dele, fazemos a triagem de pacientes que possam ter algum tipo de patologia na retina, como diabetes na retina, hipertensão e eles são imediatamente encaminhados para realizar tratamento”, disse. 

Atendimento 
Avaliado pelos médicos do Mutirão, o idoso José Firmino Pereira, de 68 anos, em breve realizará a cirurgia de catarata no Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto. A esposa conta que já haviam tentado a cirurgia em outro estado e não obtiveram êxito. “Nós já fomos pro Ceará tentar fazer, mas não deu certo. Quando soubemos do Mutirão, fomos para Imperatriz e deu certo. Ele já fez os exames e agora estamos aguardando a cirurgia que acontecerá em agosto”, contou dona Maria do Socorro Pereira. O casal é do município de Vila Nova dos Martírios, da regional de saúde de Açailândia. 

O diretor do hospital, Felype Hanns, explica que o Mutirão vai atender uma grande demanda da região. “O Mutirão era bem esperado porque há uma grande demanda por esse atendimento aqui em nossa macrorregião. Estamos atendendo uma necessidade da população”, disse. 

Os pacientes com indicação cirúrgica realizarão o procedimento, bem como os exames pré-cirúrgicos no Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto ao longo do mês de agosto. Todos os pacientes atendidos no Mutirão foram referenciados pelas secretarias municipais de saúde e encaminhados pela Unidades Regional de Saúde.


Nenhum comentário:

Postar um comentário