MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Governo inaugura Maranet na Praça Deodoro, em São Luís, e disponibiliza internet gratuita à população

Os maranhenses que diariamente passam pela Praça Deodoro, em São Luís, estarão muito mais conectados à rede mundial de computadores com a inauguração da Rede de Internet Gratuita do Maranhão (Maranet), realizada na tarde de quarta-feira (12), pelo Governo do Maranhão, via Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Com isso, a população passa a contar, a partir de agora, com Wi-Fi grátis implantado pelo Governo do Maranhão. São 100 megas de internet, via fibra ótica, de alta velocidade, que possibilita a conexão de 1.200 usuários simultâneos. 

A iniciativa é uma ação do programa Cidadania Digital, que faz parte do plano de metas do governo Flávio Dino, e visa democratizar o acesso à internet em todo o estado. De acordo com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, a iniciativa vai beneficiar a população de São Luís, principalmente a que transita pelo Centro da capital. “A Maranet é a primeira rede de internet gratuita do Governo do Maranhão. Brevemente, vamos inaugurar mais nove pontos em São Luís e devemos também chegar a outros municípios da Região Metropolitana. Os municípios de Pinheiro, Pindaré-Mirim, Arari e Vitória do Mearim contam com a internet”, disse o secretário, reiterando que as inaugurações seguem. “Os próximos pontos serão em Codó, Caxias, Coroatá e Timon, e, assim, devemos fechar esse primeiro ciclo até o mês de agosto. Entre setembro e dezembro queremos chegar a mais 30 municípios do estado levando inclusão digital para todos”, acrescentou.

Para Ivaldo Coqueiro, que frequenta diariamente a Praça Deodoro, a iniciativa permite que os menos favorecidos possam ficar conectados. “Quem é frequentador desse ambiente vai poder ter acesso a internet, permite com que as pessoas recebam mais informações e isso é bom porque vai fazer com que as pessoas tomem conhecimento dos acontecimentos, aproveitem para estudar e desenvolver seus conhecimentos. É o momento em que as pessoas que têm um baixo poder aquisitivo poderão, com a Maranet, se manter bem informadas”, contou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário