Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

quarta-feira, 8 de julho de 2009

RONDÔNIA NO CONGRESSO NACIONAL EM DEFESA DOS QUILOMBOLAS


O deputado federal do PT (Partido dos Trabalhadores) de Rondônia Eduardo Valverde é um dos parlamentares guardiões dos índios e negros quilombolas de todo o Brasil na II CONAPIR (Conferência Nacional de Promoção e Igualdade Racial) nos dias 25, 26, 27 e 28 de junho. O deputado adiantou ao titular deste blog que é membro das frentes parlamentares em defesa dos povos indígenas e frente parlamentar quilombolas, fazendo parte destas duas frentes o deputado federal Eduardo Valverde, como em todas as suas atividades, vem dando tudo de si pela causa.
A história da liderança política rondoniense começou no movimento sindical. Valverde ajudou a fundar a maioria dos sindicatos urbanos e rurais do Estado; foi fundador do Sindicato dos Urbanitários e presidente da CUT, ambos de Rondônia. Em plena militância sindical, Eduardo ajudou a fundar o PT (Partido dos Trabalhadores) também em Rondônia. Em 1994 Eduardo Valverde foi candidato a um cargo eletivo pela primeira vez como senador, ficando em terceiro lugar com 98.000 votos.
Na oportunidade elegia-se dois senadores, mas Valverde diz ter sido histórica essa eleição contra o poder econômico. Em 1998 o líder sindical foi candidato a deputado federal sendo o mais votado do Estado. Por problemas de coligações não foi eleito. Em 2002 Eduardo Valverde é eleito deputado federal com 14.720 votos; na mesma coligação, o deputado Anselmo de Jesus é eleito. Em 2006, Eduardo se reelege com 34.000 votos.
Os deputados rondonienses, desde que chegaram na câmara federal, continuam defendendo a bandeira do movimento sindical e direitos humanos, na avaliação de Eduardo Valverde.
O Estado de Rondônia é muito rico em diversidade étnico-cultural como indígenas, quilombolas do Vale do Vapore, seringueiros, ribeirinhos, pescadores artesanais e camponeses.
Parabéns para o deputado Eduardo Valverde e tantos outros que defendem a causa no congresso nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário