Buriti, Novo Tempo, Nova História!

Buriti, Novo Tempo, Nova História!

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

COLABORADORES

COLABORADORES

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Descarga elétrica causa morte em São Francisco do Braga.

No último sábado, 22 de outubro, no povoado São Francisco do Braga, município de Afonso Cunha, a 38 km, de Coelho Neto, e a 28 km de Afonso Cunha, um descuido causou uma tragédia vitimando o senhor João de Deus Lima da Silva, chamado carinhosamente pelos os amigos de João Pão.

A tragédia aconteceu por volta das 8h, na propriedade e residência do senhor Francisco Cardoso, o Chico Justino.

Chico Justino, e mais seis homens tentavam levantar e fincar uma torre improvisada de um celular rural, em sua residência próxima à rede elétrica de alta tensão. Depois em que a torre estava em certa altura, os homens perderam o controle, quando a mesma caiu sobre a rede de energia. João Pão, que tinha problemas de audição, e segundo Chico Justino, não iniciou o serviço com os demais chegando por último, porque estava cuidando de seus filhos, (filhos de Chico Justino) recebeu a descarga elétrica mais do que os outros, morrendo no local.

João de Deus, ainda foi trazido à Coelho Neto, com outros envolvidos na tragédia para o hospital, porem segundo informações já sem vida.

A tragédia chocou todos os moradores do povoado São Francisco do Braga e região, pela a surpresa desagradável do acontecimento e pela a ótima pessoa que era João Pão.

O velório foi realizado em clima de muita comoção e com um sentimento de perca irreparável.

O portal leste maranhense esteve no local acompanhando inclusive o velório, e presenciou no rosto dos presentes a dor pela perca de João Pão.

O próprio Chico Justino responsável pelo o serviço e dono da residência onde aconteceu a tragédia disse a nossa equipe, ainda chocado, que João Pão, era para ele como um filho ou irmão. Ainda durante a conversa Justino admite que erou quando foram trabalhar próxima a rede de energia, sem que derrubasse a canela.

A tragédia vai ser difícil de ser esquecido no povoado São Francisco do Braga, e região e deve servir de exemplo para outros não mais facilitarem com coisa tão serio como energia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário