MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sábado, 16 de maio de 2015

Governo e Correios lançam selo personalizado pelos 75 anos do Hospital Nina Rodrigues




A parceria entre o Governo do Maranhão, através da Secretaria Estadual da Saúde (SES), com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), promoveu o lançamento de um Selo Personalizado em homenagem aos 75 anos do Hospital Estadual Nina Rodrigues (HNR).




O evento ocorreu no auditório do hospital na quinta-feira (14), como parte da programação da Semana da Luta Antimanicomial, e contou com as presenças do Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, do Assessor Técnico dos Correios, Francisco Monteiro, representando o Diretor Regional dos Correios, José de Lima Brandão e do Diretor Geral do Hospital, Ruy Cruz. Servidores e internos também participaram da solenidade. Na ocasião, ex-pacientes e funcionários da unidade de saúde foram homenageados. 

Os Correios lançam selos personalizados para homenagear e divulgar os vultos históricos, as instituições, as datas comemorativas e campanhas educativas governamentais, registrando, assim, a importância daqueles que ajudam a construir a história do país. O selo lançado traz a marca dos 75 anos de existência oficial do HNR e poderá compor a filatelia, que é a arte de colecionar e pesquisar selos emitidos pela ECT. “Os Correios sempre estará presente onde há um serviço social. É também através dessas parcerias, com responsabilidade e integridade, que governos estaduais, federais, e as próprias empresas, alcançam sucesso”, afirmou Francisco Monteiro, assessor técnico dos Correios.

“Por ser conhecido no Estado como hospital psiquiátrico, e está em fase de qualificação para se adequar às políticas do SUS, tendo a perspectiva de se tornar um Hospital Geral, a nossa ideia é fazer desse marco dos 75 anos um momento de valorização do próprio hospital, dos nossos profissionais e de pacientes mais antigos, que, de certa forma, por serem portadores de transtornos mentais, passaram todos esses anos sendo atendidos aqui no HNR, participando da construção da nossa história e hoje estão inseridos na sociedade”, disse Ruy Cruz.

No ato de lançamento, o Diretor do Hospital, Ruy Cruz, foi o primeiro a efetuar a obliteração, colocando desta forma em circulação o selo personalizado. Em seguida, o secretário Marcos Pacheco também recebeu da autoridade postal o carimbo para oficializar o selo.  Entre os homenageados estavam os doutores Cássio Lamar, Júlio Salgueiro, Maridalva Lima e João Batista dos Santos Nunes. E ainda, a ex-paciente Sra. Gêudet Feitosa. Todos fizeram obliteração do selo.

As peças filatélicas carimbadas e assinadas por eles no ato de lançamento foram colocadas em álbum presenteado a cada um. Além disso, elas passaram a fazer parte do acervo filatélico dos Correios e servirão como fonte de pesquisa e registro da homenagem ao hospital. “Sinto-me lisonjeada pelo trabalho que juntos conseguimos desenvolver, pelos anos que tenho servido a essa casa, e por me sentir realizada, podendo minimizar o sofrimento de um paciente psiquiátrico”, pontuou a enfermeira psiquiátrica Maridalva Lima.

O doutor Hamilton Raposo Filho, que há 35 anos também trabalha na instituição, responsável pelo desenvolvimento de diversas pesquisas na área psiquiátrica, considera como um dos pontos de grande avanço do hospital a instauração do programa de residência médica, implantado para a formação de médicos especialistas em psiquiatria, que modificou a forma de atenção e comunicação entre a equipe de saúde e a população assistida.

“Através desse programa já conseguimos implantar um ambulatório de psiquiatria infantil, ano que vem começa o ambulatório de psiquiatria geriátrica, ambos pioneiros no Maranhão e esse mês iniciamos o trabalho de psicoterapia. Esses são avanços que vieram após a residência médica. Formamos e qualificamos esses profissionais e conseguimos oferecer um serviço bem melhor para a sociedade”, avaliou o psiquiatra.

O Secretário Estadual de Saúde, Marcos Pacheco, agradeceu a parceria dos Correios, no qual a enalteceu como uma das instituições de maior prestígio na sociedade, e congratulou o hospital pelos serviços prestados nestes 75 anos, reforçando sua capacidade de se tornar um Hospital Geral.

“O governo Flávio Dino prioriza a atenção primária e parabeniza o HNR por ter estado sempre à frente no quesito atenção primária de saúde, dentro da política de saúde mental. A forma como o hospital conseguiu se estabelecer dizendo ‘não’ ao isolamento e à hospitalização, onde conseguiu investir em um modelo humanizado e comunitário de atenção e cuidado, nos faz manter o foco de que é preciso que o Sistema Único de Saúde se volte para a atenção primária. Hoje estamos felizes em ver o resultado desse trabalho”, afirmou Pacheco. 

O Hospital Nina Rodrigues tornou-se referência na oferta de tratamento de diversas especialidades psiquiátricas. Nos últimos anos, passou ainda por grandes avanços desde a sua área estrutural e de equipamentos e, principalmente na qualificação de seu atendimento, como a implantação do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), Serviços de Residências Terapêuticas, criação de protocolos para acolhimento humanizado e atendimento de acordo com a classificação de risco no Serviço de Pronto Atendimento - SPA. Além da implantação de uma Unidade de Retaguarda Clínica onde antes funcionava a “Pensão Protegida”, para o atendimento à Rede de serviços do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário