MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sábado, 23 de maio de 2015

Lú: uma alternativa viável

O movimento evangélico que conta com vários simpatizantes de diferentes religiões que trabalha a possibilidade de “os evangélicos” de Coelho Neto lançarem uma chapa pura para disputar as eleições municipais agora de 2016, vê na vereadora Lú, um nome em potencial para ser a candidata do projeto.


Fontes bem relacionada com o Portal Leste Maranhense, afirmam que a parlamentar tem sido constantemente pressionada por diversos segmentos de sua base eleitoral para romper de vez com Soliney e assumir declaradamente esta pré-candidatura, mas a vereadora parece não querer voltar atrás da precipitada decisão que tomou, insiste no grupo.  
Isso era visto com mais intensidade quando a Parlamentar esteve embora que por um período pequeno na oposição de Coelho Neto. Com o seu retorno para o grupo do prefeito Soliney Silva PRTB, criou-se um certo desamino, mas nada que pudesse tirar de vez o nome da evangélica do projeto.

Todas as vezes em que o grupo trabalha diferentes cenários onde a vereadora Lú, aparece na disputa, é descartada a possibilidade de ela assumir o posto, como aliada do prefeito Soliney. O movimento é declaradamente contra a gestão em curso.

Os critérios que apontam a vereadora Lú, como uma forte pré-candidata no projeto da chapa evangélica, salta aos olhos de todos: Primeiro é uma evangélica convicta e de tradição em Coelho Neto; segundo é bem relacionada com praticamente todas as Igrejas; terceiro, é carismática e atenciosa; e quarto tem carreira politicamente falando. A experiência tanto dela quanto do esposo com a estrutura logística que eles tem complementaria o perfil dela como candidata.

O que jogou um copo de água gelada no projeto ou quem sabe sepultado esta grande chance que aparecia de forma tão alvissareira para Lú, foi o seu retorno erroneamente ao grupo do Prefeito Soliney Silva.


Um comentário:

  1. Não creio que ela saia novamente do grupo do atual prefeito

    ResponderExcluir