GPI - Provedor

GPI - Provedor

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

COLABORADORES

COLABORADORES

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Dilma diz que quer elevar o número de residências com banda larga no país



O governo federal está trabalhando a todo vapor para levar internet em banda larga a todos os municípios até 2014, informou a presidente Dilma Rousseff na coluna Conversa com a Presidenta, publicada nesta terça-feira.

Segundo ela, a meta é elevar para 60% o total de casas com acesso rápido à rede mundial de computadores. Hoje, apenas 27% dos domicílios têm internet.

– Com o Programa Nacional de Banda Larga e a participação da Telebras, vamos levar as conexões de internet para áreas mais afastadas, para as cidades do interior do Brasil, incluindo a Amazônia, onde as empresas de telefonia ainda não oferecem o serviço, afirmou em resposta ao questionamento do agricultor Erno Walter Schmidt, de Navegantes (SC).

Ela explicou ainda que o governo já reduziu à metade o preço médio das assinaturas, que antes era de R$ 70 e agora está em R$ 35, para uma velocidade de um megabit por segundo. Além disso, a Anatel fará um novo leilão para permitir que todas as áreas rurais do Brasil contem com serviços de telefonia e conexão à internet.

A presidente Dilma também esclareceu ao agente educacional Gilberto Ribas da Silva, morador de Marechal Cândido Rondon (PR), que, para obter financiamento da casa própria na Caixa Econômica, o cliente não precisa comprar seguros, adquirir cartão de crédito, fazer investimentos ou abrir caderneta de poupança.

Caso essa orientação seja descumprida, o fato deve ser comunicado ao Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 726 0101 ou ser levado à Ouvidoria da Caixa, no telefone 0800 725 7474.

– Embora a Caixa tenha todo interesse em vender seus produtos e serviços, a decisão de comprar é sempre uma opção do cliente, explicou a presidente.

Segundo ela, a Caixa é e continuará sendo o principal instrumento do governo para viabilizar o acesso à moradia.

Somente na segunda fase do Minha Casa Minha Vida, serão investidos R$ 125,7 bilhões, dos quais R$ 72,6 bilhões serão subsídios para viabilizar a aquisição da casa própria pelas famílias de mais baixa renda.

À dona de casa Rosangela Boueri, de São Paulo (SP), a presidente Dilma falou sobre as ações do governo para garantir a segurança da população. Uma delas é o apoio à instalação das UPPs no Rio de Janeiro, que permitem a retomada de territórios antes dominados pelo tráfico.

O governo também implantou o Plano Estratégico de Fronteiras, com as Forças Armadas e as forças de segurança federais e estaduais operando juntas para evitar que drogas e armas cheguem às nossas cidades. Outra importante medida é o lançamento do plano Crack, é possível vencer, com ações para garantir o atendimento dos dependentes e fortalecer a prevenção e combate ao tráfico.

– Nossas políticas voltadas para o crescimento e a geração de empregos, com aumentos reais dos salários, aliadas aos programas sociais, têm também um papel importante na segurança, ao garantir um país com mais justiça social. Quanto à educação, além da construção de seis mil creches e pré-escolas, continuamos implantando escolas técnicas e universidades no interior e criamos o Pronatec, para oferecer oportunidades de educação profissional e qualificação a oito milhões de jovens e trabalhadores brasileiros. Essas são algumas iniciativas para garantir que tenhamos um país mais seguro e com mais harmonia, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário