MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

terça-feira, 12 de maio de 2015

Para aliviar críticas a Babilônia, Globo convida lideranças evangélicas para passeio no Projac

A TV Globo vem se movimentando em todas as direções para salvar a audiência de Babilônia, e parte de sua estratégia é oferecer mimos para os deputados evangélicos que encabeçam o boicote à novela.


Recentemente, a emissora escalou seu vice-presidente de Relações Institucionais, Paulo Tonet, para visitar os parlamentares da bancada evangélica em Brasília. A iniciativa tinha como propósito sondar a receptividade destes em relação aos argumentos da Globo, e também ouvir suas principais queixas.

Agora, o passo seguinte é convidar essas lideranças para um passeio no Projac, complexo de estúdios de dramaturgia e entretenimento da Globo no Rio de Janeiro.
“Os parlamentares da Frente Evangélica que foram visitados por um representante da Globo também receberam um convite para visitar o Projac. É mais um passo da estratégia da emissora para estancar as críticas a Babilônia nas redes sociais”, publicou o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no site da revista Veja.

Caso os deputados evangélicos aceitem o convite, a resposta positiva não será inédita: “Se a visita ocorrer, será a segunda vez que um grupo de pastores estará na Globo. Em 2012, o Bispo Robson Rodovalho da Sara Nossa Terra levou evangélicos para um tour pelo Projac”, acrescentou Jardim.
Babilônia
A novela estreou exibindo um beijo entre duas personagens lésbicas, o que causou a fúria das lideranças evangélicas, que incentivaram um boicote.
À época, o pastor Silas Malafaia foi um dos que criticaram a Globo, dizendo que a emissora da família Marinho era a maior patrocinadora da homossexualidade no Brasil.

Pouco tempo depois, Malafaia teria articulado uma trégua dos parlamentares evangélicos nas críticas à novela, pois insistir no tema poderia ter efeito reverso, e atrair a atenção das pessoas para o folhetim, que já vinha sofrendo com as baixas audiências.

Logo após a divulgação dessa informação, Malafaia foi convidado para debater a homossexualidade e os novos conceitos de família no programa Na Moral.


Nenhum comentário:

Postar um comentário