GPI - Provedor

GPI - Provedor

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

COLABORADORES

COLABORADORES

sábado, 31 de janeiro de 2015

Soliney, “enchendo a cara” em Teresina.



Soliney Silva, outra figura conhecidíssima que esbanjou dinheiro público na era da Oligarquia Sarney (e muito pouco fez pelo o município de Coelho Neto) foi visto ontem em Teresina, numa tristeza só, enchendo a cara e se aquecendo para o Tradicional Zé Pereira, em Timon.


Como fica a situação do homem com a sua badalada doença bebendo assim?
 
Como um dos filhotes da Oligarquia Sarney, Soliney Silva PRTB, tem choramingado em sua TV local, botando culpa no novo Governo por toda as suas desventuras advindas de seu famigerado governo, com um dos maiores cenários da região de obras inacabadas.
 
Como se não bastasse as estripulias do menino travesso chamado Soliney contra o então candidato a governador Flávio Dino, durante toda a campanha a favor de Edinho Lobão, em Coelho Neto e em toda região onde ele era coordenador, o mandatário coelhonetense agora orientou a todos os seus secretários e assessores a sair dizendo que tudo que está dando de errado em seu governo, é culpa de Flávio Dino. Pra quê tanta maldade né?
 
A estratégia do prefeito coelho-netense, que está queimado com a população muito mais do que pau de torrar café, é tentar transferir a sua rejeição para o governador Flávio Dino, mas isso nunca vai acontecer. A população de Coelho Neto, já conhece muito bem o prefeito Soliney e sobretudo está acreditando com fé e esperança no novo governador. Não serão as conhecidíssimas trapalhadas de Soliney que vai fazer o povo coelhonetense desacreditar de Flávio Dino.
 
O ato injusto do prefeito de Coelho Neto contra o novo Governador só tem aumentado a rejeição com a população e provocado a ira do grupo político do Governador que subiu morro e desceu nas ruas de Coelho Neto pregando a verdadeira mudança que de fato e de direito está acontecendo. O Prefeito já deve está tramando outras estratégias porque sente que está aí não dará certo.
 
Colecionando sucessivas derrotas, o momento é propício para o prefeito afogar suas magoas ouvindo o cantor maranhense Amado Edilson, que canta, canta, e de vez enquando diz; “pode beber”!

Nenhum comentário:

Postar um comentário