MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

terça-feira, 16 de maio de 2017

Após decisão de Luis Serra, G-6 retoma autonomia e escolhe comissão que representará o Grupo

O “G-6”, grupo formado por partidos independentes, estiverem em primeira reunião após as eleições de 2016, ocorrida na noite de ontem (15), na faculdade UNIESBRA, do empresário e ex-candidato a vereador, Celso Monteiro (PEN).

Um minuto de silêncio foi solicitado em memória ao ex-candidato e membro do PDT, Severino Leôncio (O Barack Obama), que faleceu recentemente. Ele que era um dos entusiastas do grupo, com destaque por seu companheirismo e maneira alinhada, vestia essa ideologia política.

O grupo que foi um dos destaques no quesito revelação política das últimas eleições, foi marcante por sua composição, após a decisão da desistência da candidatura de Dr. Cláudio Furtado a prefeito de Coelho Neto, devolvendo a autonomia aos seus representantes, que decidiram optar pela candidatura do empresário Luis Serra (PSDB), onde juntos com outros partidos aliados obtiveram 8.132 votos.


A decisão de Luis Serra

O recente encontro do grupo foi motivado pela decisão do ex-candidato psdbista, em primeiro momento, de “não participar das eleições do próximo pleito em 2018”. Essa foi uma das pautas principais da reunião, sendo apresentada aos demais membros do grupo, que compreenderam e respeitaram a decisão de Luis Serra. 

“Eu não entrei na política para melhorar de vida, mas pela vontade de poder fazer algo pela cidade que me amparou ao longo dos anos, e onde graças a Deus fui muito abençoado. Nada seria mais justo que retribuir um pouco de tudo que Coelho Neto me ofereceu”.

“Em nenhum momento usei de má fé ou de mentiras e tudo que vivi durante a campanha foi bom e verdadeiro, a satisfação em ter feito novos amigos, enfim. Mas o povo não reconheceu o meu sonho, e fez uma outra escolha”, disse Luis Serra.

Sobre a retomada da autonomia 

Com a decisão de Serra, o grupo retoma a sua independência e passa a ter autonomia em suas decisões, sendo criada uma comissão de representação dos membros do G-6, composta pelos representantes dos partidos de composição do mesmo.

O papel da comissão será o de intermediar contatos referentes aos interesses políticos do grupo, em especial as próximas eleições. O direcionamento dos membros passará pelo crivo da comissão que compartilhará com os demais todo e qualquer posicionamento sobre decisões primárias da comissão pautadas no coletivo.

A comissão que comandará a postura do grupo é composta por: Marcos Leal – PMN, Willian W3 – PDT, Renan José – PSDB, Bené Gomes – PHS, Kassio Sousa – PSL, Oberdan Lopes PEN, Wando Galvão – PPS e o ex-vereador Reginaldo Sousa. Todos terão o mesmo respaldo em relação a toda e qualquer decisão a ser tomada.


Unidos somos mais fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário