MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Do falar para o fazer há uma grande diferença: prefeito camuflar iluminação pública

Radialista Américo de Sousa
A prefeitura de Coelho Neto (MA), sob a gestão do prefeito Américo de Sousa (PT), tenta camuflar a iluminação pública do município, repondo lâmpadas em pontos que considera estratégico, para evitar maior desgaste junto à população.

A cidade é cortada por três grandes avenidas: José Silva, que dá acesso aos bairros Olho Daguinha, Mutirão, Parque Amazonas, Anil I e II e Quiabos; Coelho Neto, que dá acesso aos bairros Subestação, Bela Vista, Sarney I, S. Francisco, Sarney II e Bonsucesso; Avenida Santana, a menor das três, que dar acesso aos bairros Morada dos Astros, Santana, Conjunto da Caixa Econômica e Novo Bonsucesso.

É exatamente nestas avenidas onde se concentra a tática da prefeitura de iluminar pontos estratégicos, de modo que o resultado seja a visão de que a cidade está iluminada. Porém, a população que habita os bairros da cidade convive com a dura realidade da escuridão e o consequente medo de trafegar à noite devido ao aumento da criminalidade associado à falta deste relevante benefício público.

Ciente da insatisfação dos moradores, o portal diretoaoassunto fez um levantamento dessa situação no período noturno durante 12 dias. O resultado é o seguinte:
Mesmo enfrentando o difícil acesso, localizamos 793 pontos em total escuridão na zona rural. Nas zonas urbana e rural são mil, 975 pontos. A população reclama a ausência da prefeitura, pois, dos 5 mil, 492 pontos de luz existentes na cidade e no interior, 35,9 por cento precisam de manutenção.

O negrume atinge em cheio a administração petista, vez que esta situação ultrapassou o período chuvoso sem solução efetiva. A chegada da nossa equipe em alguns povoados chamou a atenção de moradores na expectativa de seria a prefeitura a responsável por este levantamento.
O responsável pelo portal Coelho Neto procurou saber do secretário de infraestrutura, Orlando Azevedo, se algum levantamento neste sentido foi realizado pela prefeitura e se existe, de fato, um plano de ação voltado para este serviço. O secretário não foi localizado e nem retornou nossas ligações.


Com contribuição do Portal Coelho Neto/edição Leste Maranhense

Nenhum comentário:

Postar um comentário