GPI - Provedor

GPI - Provedor

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

COLABORADORES

COLABORADORES

terça-feira, 19 de março de 2019

Perseguição e abuso de poder: Américo usa de influência e faz descumpri Decreto Nº 30.619 destituindo do cargo os professores, Pastora Cruz e Davi

Perseguição - Prefeito Américo e a nitida má fé com,
professora Pastora Cruz e professor Davi
Como uma das suas cacteristicas bem acentuadas, perseguir se tornou um dos maiores prazeres do prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa (PT). Desta vez o ato veio de cima para baixo, que vitimou os diretores da rede estadual, Professora Pastora Cruz e Professor Davi, ambos competentes. 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), referendou a importância da liderança comunitária do gestor escolar, envolvendo a comunidade escolar ao regulamentar o Decreto Nº 30.619, de 02 de janeiro de 2015, no processo seletivo para a função ora descumprido por Américo de Sousa. 

No município de Coelho Neto, Professora Pastora Cruz, concorreu democraticamente ao cargo de gestora escolares da unidades de ensino da rede pública estadual C. E. Professor Antônio Nonato Sampaio, onde obteve 87,34% dos votos validos. Professor Davi, foi escolhido por indicação como novo gestor até as próximas eleições da respectiva escola Coelho Neto. 

Tanto professor Davi (amigo pessoal de Antônio Cruz) quanto Pastora Cruz (mãe do vereador de oposição, Rafael Cruz, e esposa do ex-prefeito Antônio Cruz), nunca misturaram política partidária com suas funções. Embora ambos possuíssem viés político via parentesco ou amizades com membros da oposição, sempre mantiveram uma postura ética e dissociada a estas questões. 

Mas... Para desconstruir a oposição, Américo ataca sem dó e muito menos piedade a todos que para ele, aparentam ser uma ameaça. 


Mais informações sobre o assunto traremos na próxima edição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário