MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Uma gafe e uma falta de reconhecimento...

Ezequias Martins:
As duas públicas primeiras ações do prefeito eleito de Coelho Neto, Américo de Sousa, do PT, traz consigo uma gafe e uma falta de reconhecimento, que para alguns deve ter passado por despercebidos, mas deve ser observado.  

Vamos à falta de reconhecimento: para uma gestão que logicamente deve ser montada de coalizão a equipe de transição já mostrou uma falha. Para reconhecer a importância de Cristiane Bacelar em sua eleição e até pela competência que a mesma tem, o seu nome era indispensável nesta equipe. Uma pessoa ligada ao vice-prefeito Antônio pires tinha que ser incluída, por muitos óbvios.





Imagens do blog do Samuel Bastos. 


A atitude de colocar só uma resumida equipe de transição ligada ao sindicato se for uma coincidência tudo bem, mas se está ditando uma tendência mostrará que o prefeito eleito vê apenas o mundo petista para governar. Não precisa ser especialista em gestão pública para observar que por mais que os indicados sejam competentes, a equipe está muito pequena para tantos problemas diversificados.

Agora vamos à gafe: a gafe cometida pelo prefeito eleito de Coelho Neto, Américo de Sousa, em sua primeira viagem à São Luís depois do resultado das eleições incomoda e ficou visível. Em nenhum dos compromissos foi visto o vice-prefeito eleito Antônio Pires do PCdoB. além de ter sido importantíssimo para a sua eleição o ainda vereador é do partido do Governador Flávio Dino. Como se apresentar diante do seu comandante sem um dos soldados estratégicos de sua vitoria?

É bem verdade que a vereadora Cristiane Bacelar tem mais moral com Flávio Dino, do que o neocomunista Antônio Pires, por alguns fatores, mas isso não justifica a ausência dele numa importante e simbólica audiência no Palácio dos Leões.  

Pode até ser que o vice-prefeito eleito não pôde ir, deve até ter sido convidado, mas o que acontece é que as imagens como essas são recheadas de perguntas que merecem boas respostas para alguém como Américo de Sousa, isso não fica legal.

Os dois deslizes provavelmente tenha sido devido à emoção da vitória, mas é absolutamente necessário alertar o petista para não acumular coisas como estas para não transparecer ingratidão.   
     



Nenhum comentário:

Postar um comentário