Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sábado, 21 de janeiro de 2017

Comprimidos de Noz da Índia, usado para perda de peso, têm sua comercialização proibida no Maranhão

A exemplo do que ocorreu no Mato Grosso, o produto Noz da Índia teve sua comercialização proibida no Maranhão, depois de constatado que sua eficácia é duvidosa e que põe em risco a saúde dos consumidores. O produto, largamente comercializado de forma clandestina, é recomendado para perda de peso, porém já houve registro de óbito de pessoas que ingeriram os comprimidos.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (18), a Vigilância Sanitária alerta que os vendedores do produtos podem responder judicialmente se insistirem na comercialização.

Eis a nota:

A Superintendência de Vigilância Sanitária do Maranhão (Suvisa) determina a suspensão da comercialização do produto Noz da Índia, tendo em vista os relatos recentes de pessoas doentes e uma notificação de óbito, em investigação. A Suvisa informa que o produto, indicado para emagrecimento, não possui comprovação da eficácia e da segurança do seu uso, além de não possuir registro no Ministério da Saúde.

A Superintendência alerta, também, para a suspensão imediata do consumo da Noz da Índia. Nos casos de pessoas que adoeceram após uso do produto, as autoridades sanitárias do município ou do Estado devem ser notificadas para as providências cabíveis. Por fim, a Superintendência esclarece que por se tratar de produto sem registro, os estabelecimentos que estão comercializando a Noz da Índia estarão sujeitos às penalidades sanitárias previstas em lei.



Do Blog Aquiles Emir

Nenhum comentário:

Postar um comentário