MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sábado, 7 de janeiro de 2017

TIMON: Saúde inicia plano de ação para combate ao Aedes Aegypti

Secretário Márcio Sá em meio aos técnicos da área de saúde (Imagem:Ascom/Sems)
A Secretaria Municipal de Saúde realizou na manhã desta sexta-feira (06) reunião para traçar estratégias que irão ser desenvolvidas no Plano de ação para prevenção e combate ao Mosquito Aedes Aegypti em Timon.

O objetivo do encontro entre o secretário de saúde, Marcio Sá, e sua equipe de Vigilância em Saúde foi tratar das ações de mobilização e combate ao Mosquito. “Esse trabalho já vem sendo realizado desde o início da gestão, mas a luta contra o Aedes aegypti é uma preocupação constante, por isso estamos traçando mais esse plano de ação para darmos continuidade ao combate do mosquito e assim mantermos o baixo índice de infestação do mosquito, já que nosso município conquistou a faixa verde no último Lira (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti), deixando a cidade com menor risco para ocorrência de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya”, disse o gestor municipal de saúde.

O Plano de Intensificação das Ações de Mobilização e Combate ao Mosquito Aedes Aegypti será realizado por meio de mutirões de limpeza, inspeção em residências e sensibilização da população. “Vamos fazer esse trabalho de forma integrada com outros órgãos, como a Superintendência de Limpeza Pública e Urbanização, que estará realizando os mutirões de limpeza e, em parceria com os nossos Agentes de Combates às Endemias, serão realizadas visitas domiciliares com inspeção, distribuição de material educativo e orientações”, explicou Laiana Sousa, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Timon.

Entre os bairros que receberão esta atividade de intensificação estão: Parque Piauí, Mateuzinho, Flores, Planalto Formosa, Bela Vista, São Marcos, Cidade Nova e Cajueiro. “Essa ação é bastante importante, principalmente nesse período em que se iniciam as chuvas e costuma-se ter o aumento do número de casos de dengue, zika e chikungunya. Então o plano visa prevenir essa elevação, alertando a população e orientando sobre como evitar os criadouros. Desta forma faremos com que nosso município continue comemorando o índice de 0,4% obtido no último Lira e que é abaixo de 1%, valor preconizado pelo Ministério da Saúde”, ressaltou Itelmária Escócio, diretora do Departamento de Epidemiologia do município. Fonte: Ascom/Sems



Do Ademar Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário