Buriti, Novo Tempo, Nova História!

Buriti, Novo Tempo, Nova História!

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

COLABORADORES

COLABORADORES

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Confira todos os "fortes aliados" que o clã Sarney perdeu nos últimos anos para Flavio Dino

Prefeitos de grandes cidades, ex-prefeitos, deputados estaduais e federais formam o exercito que a família Sarney perdeu desde que Flávio Dino assumiu o governo, em 2015.
Alguns dos prefeitos que deixaram a família Sarney…
Hoje entendo o que quis dizer o ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, quando discursou em agosto de 2014 num comício na cidade de Coroatá… Dizia ele que seria a “desgraça, a treva, o fim do mundo” caso Flávio Dino ganhasse o governo do Maranhão.

Na verdade, Murad – experiente que é, se referia ao fim do grupo Sarney…

Perto de completar três anos fora do poder, a oligarquia maranhense coleciona perdas incalculáveis na política maranhense, prova concreta que o clã está em decadência.

Os prejuízos vão desde aliados históricos, como no caso do prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, que chegou ser escolhido pré-candidato ao governo do Estado pela PMDB, mas acabou desistindo e hoje integra o grupo político do atual governo.

O que dizer então do prefeito de Chapadinha, Magno Barcelar, quando o deputado estadual foi líder do governo Roseana na Assembleia. Hoje é voto declarado em favor de Flávio Dino para a reeleição.

Deputados federais e presidente de importantes partidos
políticos são outras perdas da oligarquia maranhense…
Vianey Bringel, prefeita de Santa Inês, esposa do ex-prefeito Robert Bringel é outra que também deixou a família Sarney e fechou com o PCdoB para 2018.

Mais recententemente, a classe política maranhense assistiu perplexa a adesão do prefeito de Caxias, Fábio Gentil, ao grupo que governa o Palácio dos Leões.

O mesmo caminho seguido pelos prefeitos de Viana, Magrado Barros; Cincin, de Estreito e Dr. Nelson, de Porto Franco. Todos eram sarneysistas de carteirinha.

– Articulação

Enquanto a oposição tonta cuida de atacar o secretário de Articulação Política Márcio Jerry, o auxiliar do governador Flávio Dino trata de articular apoio ao governo. E tem conseguindo muitas adesões…

Duas dessas, tratam-se de Juscelino Filho e Stenio Rezende, deputado federal e estadual, respectivamente, comandantes do DEM. Somam-se a eles, Fufuca e André Fufuca, prefeito de Alto Alegre e deputado federal, na devida ordem, comandantes do PP no Maranhão.

Hoje o governo Dino também conta com Cleber Verde – deputado federal e presidente do PRB. Além de Pedro Fernandes – deputado federal e presidente do PTB [ex-secretário de Educação do governo Roseana]. Josemar de Maranhãozinho – deputado estadual e presidente do PR. Ainda Júnior Marreca – deputado federal e ex-prefeito de Itapecuru-Mirim. E também estar muito próximo de trazer Gastão Vieira – ex-deputado federal, ex-ministro do Turismo e presidente do PROS.
Perdas de Hildo Marques, Chico Coelho e Zito Rolim tirou o sono da família Sarney…
– Ex-prefeitos

Outra paulada sentida na ‘nuca’ dos sarneysistas é a perda de Hildo Marques – ex-prefeito de Imperatriz; Chico Coelho – ex-prefeito de Balsas e Zito Rolim – ex-prefeito de Codó. Lideres políticos consagrados nas urnas, que representam diferentes regionais maranhenses, todos deram adeus ao clã que dominou o Estado por mais de quatro décadas.

– E mais…

Além dos citados neste post, na Assembleia Legislativa Flávio Dino tomou da família Sarney os deputados Fábio Braga, Hemetério Weba, Paulo Neto, Ana do Gás e Ricardo Rios.

Agora me diz, você ainda tem dúvida de quem vai ganhar a eleição para governador em 2018?


Do Domingos Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário