Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

VIOLÊNCIA NÃO É PROBLEMA APENAS DE POLICIA

Deu no portal Paparazo.

Reunióes no hospital da vila luizão. compareceu ao evento (Dr.damasceno Del.de policia cavil) (ASSEPMMA) (Dr.marcelo,diretor do CAPS AD (alcool drogas)(Dr.Raimundo coordenador estadual da politica de saúde mental. na oportunidade foi tratado de assuntos referentes à violência como um todo e de suas principais causas como as drogas entre elas o álcool e o crack.
O especialista no assunto palestrou sobre os problemas que as drogas causam as comunidade e aos gestores públicos municipais e estaduais.
O dr. Marcelo também destacou a importância dos CAPS para uma comunidade no tratamento de doenças mentais e no apoio aos usuários de drogas, também ressaltou que esses CAPS devem realmente funcionar, descentralizando assim os problemas dos poucos núcleos que existem para tratar do assunto. Também compareceu ao evento o Dr. Raimundo, Coordenador Estadual da Política de Saúde Mental.

sede do hospital.

A Dr. Cristiane Vasconcelos Bacelar, Diretora do Hospital da Vila Luizão, diga-se de passagem, muito bem administrado, pois, de entrada já se vê a higiene, limpeza, educação e presteza de todos os funcionários. Posso está enganado, mas, o trabalho que está sendo feito nesse hospital pela Dr. Cristiane e seus colaboradores não é aquele que é conhecido em muitas instituições, em que quando tem um evento, levanta-se o tapete esconde-se o lixo em baixo e pinta-se meia dúzia de paredes só para aparecer bem na foto e depois continua a mesma desgraceira, possa ser que esteja equivocado sobre o que estou escrevendo, mas, já ouvi vários elogios sobre esse hospital.

Em sua palestra, deu mais um grande exemplo de boa gestão pública, que deve ser seguido por vários marmanjos incompetentes e corruptos que estão à frente de varias instituições públicas, quando relatou que a violência e as drogas não é um problema exclusivo de policia, e sim de administração pública, confirmando o que venho escrevendo nesse espaço. A Dr. Cristiane ainda lembrou que não se deve ser dado ênfase apenas ao bem material e sim tratar o individuo na sua totalidade envolvendo todo o sistema a sua volta. – Para se tratar um jovem não basta jogá-lo em um centro de atenção psíquico social, devem também ser trabalhados os adultos a sua volta, o contexto moral econômico e social, ela também destacou a necessidade de um CAPS para a comunidade e adjacência.


Quero agradecer em particular e em nome da (ASSEPMMA) a Maria da Gloria, Líder comunitária, além de ser uma das Conselheiras de Segurança da região; a comunidade da Vila Luizão e adjacência; a Dr. Cristiane e seus colaboradores, pelo convite e oportunidade de está presente nesse evento e ser testemunha da força e da garra que a Cristiane deixa transparecer a todos que a cercam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário