Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

PACTO PELA PAZ

PACTO PELA PAZ

sábado, 24 de dezembro de 2016

Governo empossou 206 gestores escolares eleitos para escolas da rede pública estadual

Novos gestores eleitos comemoram após a cerimônia de posse
Um total de 206 gestores eleitos no processo eleitoral para as funções de Gestor/Diretor Geral e Gestor Auxiliar/ Diretor Adjunto, promovido pelo Governo do Maranhão, tomarão posse nesta sexta-feira (23), às 15h, simultaneamente, nos municípios sedes de 18 Unidades Regionais de Educação (UREs). 

Em São Luís, serão 62 gestores empossados.Os eleitos foram nomeados nesta semana pelo Governador Flávio para um mandato de dois anos. No ato da posse coletiva, os novos gestores assinarão um Contrato de Gestão por uma escola pública democrática e de qualidade, no qual constam responsabilidades referentes à prestação de contas, transparência na gestão, o alcance de metas, vinculadas à qualidade do ensino e da aprendizagem, entre outras.
GARDÊNIA LEBRE (TEC. EDUCACIONAL DA URE CAXIAS), MARCIANA BEZERRA ( DIRETORA REGIONAL DA URE), PROFESSORA PASTORA CRUZ DIRETORA ELEITA DO CENTRO DE ENSINO ANS , PROFESSOR DAVI , PROFESSORA LAURA DIRETORA ADJUNTA ELEITA DO CENTRO DE ENSINO ANS
De Coelho Neto - MA, tomaram posse do Centro de Ensino Professor Antonio Nonato Sampaio, as Professoras Pastora Cruz ao cargo de gestora e Laura Gomes gestora adjunta.
Mizânia Mizililian
Pelo Centro de Ensino Albert Einstein, foi empossada ao cargo de Gestora a Professora Mizânia Mizililian e o Professor Roberto Carlos ao cargo de gestor adjunto.“Esse momento é histórico. Poucos estados do país escolhem os seus gestores escolares de forma democrática, ouvindo suas comunidades. Ela é uma Política de Estado na educação maranhense, instituída pelo governador Flávio Dino. É a primeira vez na história do Maranhão que vemos um governador romper um ciclo marcado por indicações político-partidárias, dando o poder de escolha de seus gestores à comunidade escolar”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Para a vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), Benedita Costa, admite que a implantação do processo democrático para escolha de gestor escola era uma reivindicação antiga da categoria. “É uma alegria estar neste momento com todos que fazem educação em nosso Estado. Essa é uma luta antiga, atendida pelo governador Flávio Dino. É um momento importante, uma continuidade porque estamos na segunda eleição. A gestão democrática é composta por vários passos, sendo que a eleição é apenas um dos passos. Não basta eleger os gestores, eles precisam ter a visão da gestão democrática, contando com a participação da comunidade escolar. Esse era um anseio do Simproesemma desde 2004, que discutimos com os demais governos que passaram. O governador entendeu essa necessidade e atendeu o pedido da categoria para que de fato tivéssemos a eleição nas escolas”, disse.

Escolha democrática

Nos dois processos democrático para escolha de gestor escolar, mais de 600 mil eleitores foram mobilizados. São alunos, professores, funcionários e pais, que foram às escolas para exercer a cidadania e contribuir com o processo que desde 2015 define os gestores de escolas da Rede Pública Estadual. Neste ano, em sua segunda edição, o processo contou com a participação de aproximadamente 165 mil eleitores, em 168 escolas espalhadas em 18 UREs, trazendo novidades aos participantes, como a realização do curso de formação em gestão escolar, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), antes do início das inscrições das chapas. “Os escolhidos pela comunidade escolar que foram empossados nesta sexta já estão certificados e aptos a assumir os cargos”, explicou a Secretária Adjunta de Gestão das Unidades Regionais de Educação, Rosyjane Paula.


Fonte: SEDUC - MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário